Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque

handmade life

Quiosque

handmade life

10
Jul17

a moda do pisca-pisca....

Joana Marques

Vi-o a primeira vez no parque aqui perto da minha casa.

É muito raro acontecer mas o Vasco não simpatizou com ele.

Olhei e achei que o conhecia de algum lado.

Deve ter uns 60 anos.

Não sei porque raio é que o cão embirrou com ele.

Será porque estava a comer e não lhe deu nada.

Ou isso. Ou era o tique. O senhor, sempre que falava, piscava o olho esquerdo.

Tive de sair mais depressa do parque e tudo.

Não que lhe fosse morder. Nada do género. Este cão não morde.

Mas o senhor falava com o Vasco e nada. O cão parecia possuído. Rosnava baixinho. Gania.

 

 

Depois é que percebi de onde conhecia o senhor.

Era o meu vizinho do rés do chão.

Quando morava na casa antiga devo tê-lo visto aqui pela rua.

Desde que estou aqui não me recordo se já o tinha visto antes ou depois do episódio do parque.

 

Um dia ia eu a sair do prédio e vi o senhor.

- Bom dia.

- Bom dia.

C'um caneco. Não é só o esquerdo. Parece-me que pisca também o olho direito.

 

Os dias foram passando. Entre passeios com o cão. Nunca achei nada de estranho.

Até um dia que deixei o Vasco em casa. Tornei a descer as escadas e cheirou-me a qualquer coisa.

E vi o que não queria ver.

À porta do senhor. Estava um xixi.

Não era um xixi qualquer. Não! Era o xixi do Vasco.

 

Sabem aquelas mães que dizem que até no escuro reconhecem os filhos.

Eu tenho este dom.

Sou assim com o Vasco. Pelo cheiro, pelo xixi, pelo pêlo....e sim...também por isso que estão a pensar...

Só com ele. Este dom não se manifesta em mais nenhum xixi do mundo....

Por isso não. Não estou disponível para identificar outros....xixi's...

Uma carreira brilhante a passar-me ao lado. É o que é.

 

Não sei se era o primeiro xixi que ele deixava ali ao Deus dará....

....mas definitivamente era um xixi.

Corri até casa.

Água dentro de um balde.

Esfregona.

Desci.

Passei com a esfregona.

E pronto! Nada aconteceu. Limpinho como anteriormente. Assunto encerrado.

 

Novo dia. Novas oportunidades. Já nem me lembrava do assunto.

Vou passeá-lo de manhã.

Quando passamos à porta do senhor do pisca-pisca...olho para o cão. E ele sobe à minha frente.

Deixo-o em casa.

Volto à hora de almoço.

Mais uma voltinha ao bairro.

- À minha frente. Isso ou começas a usar fraldas.....

Sem stress.

Um menino do coro. Subiu as escadas.

Almocei.

Voltei para o trabalho.

Cheguei tarde nesse dia.

Jantei primeiro e depois já tarde levei o cão a passear.

Uma volta, duas voltas, três voltas ao bairro. O cão teve o dia inteiro de boa vida e estava cheio de energia.

Ainda tinha tanta coisa para fazer.

Ia com alguma pressa.

 

ALERTA LARANJA

Quando estava a abrir a minha porta de casa, lembrei-me.

Deixei o cão em casa. E Desci.

 

ALERTA AMARELO

Lá estava ele.

Luzidio e reluzente. Um xixi.

Subo as escadas a correr.

Entrei em casa. A correr.

Balde.

Água.

Detergente.

Esfregona.

Desço as escadas.

Tiro o tapete.

 

ALERTA VERMELHO

Com mil Slimani's....

O tapete estava ensopado.

 

O tapete? E agora o que é que eu faço ao tapete?

Deixo o tapete sujo??

Não posso deixar o tapete sujo?

E se tocasse à campaínha e lhe dissesse o que aconteceu...

Achas boa ideia???

Toco à campainha e digo......

- ah! e tal o meu cão não gosta muito de si. Não sei se já reparou mas essa sua mania de piscar os olhos...está a deixar o meu cão com os nervos esfrangalhados...e vai daí fez xixi no tapete. Não fique chateado...por favor....pare de piscar os olhos.....a sério...pare, por favor!

BOA IDEIA, JOANA! Espectacular ideia.

Foge com o tapete. Mas é.....

Fujo com o tapete???

Foge...

Fujo! Para onde????

 

 

Limpei o xixi. À pressa...

Subi as escadas a correr. Balde com água e detergente. E a esfregona. E o tapete.

Limpei o tapete. Com um detergente para as nódoas. Passei com água. Coloquei-o um pouco no secador.

Desci as escadas.

Com o tapete.

Coloquei o tapete.

Subi as escadas.

Entrei em casa. E pensei....

...com este nível de stress...chego aos 40 anos acabada....

 

E agora?

Agora entro no prédio com 30 kg ao meu colo.

À entrada do prédio. Pego no cão. E vou com ele até ao cimo das escadas.

 

Um destes dias estava a sair de sua casa o meu vizinho. Eu com o cão ao colo.

- Parece que leva aí um santo para o altar.

E nisto lá reparo.

Primeiro o esquerdo.

Depois o direito.

A moda do pisca-pisca.

 

...até desviei o olhar.

Senti-me meia zonza...e agoniada.

 

Simultaneamente, feliz....podia ser pior. E ter ficado incontinente....

 

30 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Um grupo no facebook para quem gosta de crafts!

  •  
  • Sigam-me

    Comentários recentes

    Calendário

    Julho 2017

    D S T Q Q S S
    1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D

    Mensagens

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.