Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

10.12.17

croquelines

Joana Marques

Quando deixei de comer glúten comecei por experimentar fazer um pão que levava polvilho doce.

Por inabilidade minha. Nunca ficou como eu gostava. Vi muitas fotografias desse pão espetaculares.

O meu comia-se mas não era assim nada de jeito.

 

Depois quando criei a minha própria receita. Não coloquei polvilho doce.

O mais trágico é que tinha a casa cheia de polvilho.

Na altura estava na Noruega. E quando encontrei polvilho doce, qual formiga, resolvi armazenar.

Já passei por vários países e sempre com o polvilho doce atrás.

 

No dia em que parti a perna.

Estava eu de madrugada a arrumar a minha tralha para voltar a casa. E choco de frente com o polvilho doce. Trouxe-o.

 

Até que resolvi dar-lhe uso.

Não sei muito bem mas não simpatizava muito com esta espécie de farinha.

Sempre que o usei. O resultado não foi grande coisa.

Até que...as croquelines surgiram na minha vida.

Croque...porque ficam super crocantes.

Lines porque são primas das minhas amadas jaquelines.

 

Croquelines.

Mais fáceis de fazer que as Jaq's. Muito saborosas.

Um biscoito despretensioso. Mas que sabe bem.

Experimentem com café. Ou chá.

A receita é super simples.

 

Um ovo.

Duas colheres de açúcar (usei de coco).

uma colher de sopa mal cheia de óleo de coco derretido.

Canela (opcional)

Polvilho doce. (5 a 8 colheres de sopa)

Tudo ao molho e fé em Deus.

A quantidade do polvilho depende do tamanho do ovo.

Eu usei um ovo biológico pequenino e coloquei 6 colheres.

A massa tem de ficar moldável...sem se agarrar às mãos.

Enquanto estiver liquida continuem a colocar polvilho.

E a mexer.

Podem fazer o formato que quiserem.

Vai ao forno a 170º, entre 15 a 20 minutos.

Têm de encontrar um ponto de equilibrio, se ficarem pouco tempo no forno não ficam crocantes e não se chamam croquelines. Se ficarem muito tempo ficam muito secas.

No fim podem envolver as croq's em chocolate.

Usei 99% cacau da Vivani.

 

Eu e o polvilho doce fizemos as pazes.

Definitivamente.

É Natal.

 

Se têm na vossa vida um polvilho que não gostem.

É tempo de abrirem espaço para ele. Quem sabe um dia não têm uma surpresa.

C-R-O-C-A-N-T-E!

 

1(26).jpg

 

20 comentários

Comentar post

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

Links

Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

As histórias do cão! 🐶

Tricot 🌺

Crochet 🌻

Receitas 🍳🥦🥧

Planear ⌚📅 📊

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D