Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

handmade life

Quiosque da Joana

handmade life

16
Dez16

...embaladora de sonhos...

Joana Marques

O Natal para mim só faz sentido se for relaxado.

É um momento em família e para a família.

Em matéria de presentes, na minha família, nós os adultos sorteamos, tipo amigo secreto.

O sorteio faz-se no Natal anterior para sabermos com antecedência.

Quando chegamos à idade adulta, já temos casa e recheio, já temos tudo.

Não precisamos de muito mais.

 

Damos presentes às crianças.

O Natal é das crianças.

Os meus sobrinhos mais velhos vão com um cheque Fnac e um miminho só para saberem que me lembrei deles.

Para o meu familiar secreto durante o ano encontro a prenda perfeita.

Para os meus sobrinhos mais novos é que tenho de me esmerar.

Estar a par das últimas modas.

 

Já tenho o presente deles mas queria acrescentar mais qualquer coisa.

Um pouco mais lúdico.

Passei pela Fnac.

À minha sobrinha comprei um livro que a minha cunhada me disse que ela queria e ao meu sobrinho comprei um carro.

Fiquei na fila para embrulhar o livro e o carro.

O carro tinha um formato esquisito. Era difícil de embrulhar. Pelo menos parecia.

 

À minha frente estava uma senhora que deve ter uma família do tamanho da Austrália.

Eu que sou uma calmaria mas não gosto de estar sem fazer nada, tive de me pôr a mexer.

Perguntei à rapariga que estava a embrulhar se podia tirar um envelope para eu própria embrulhar o livro.

Disse-me que sim. Que podia.

Tiro o preço, ponho o livro no envelope, fecho com fita-cola, ponho uma etiqueta.

 

Nisto, um casal, à volta dos 60 anos passa-me um livro para as mãos.

Ainda lhes digo que não trabalho ali mas eles não perceberam...

Espetacular, espanholês...Joaninha!

Assim, como assim, tenho de esperar para embrulhar o carro.

Tiro o preço, colo com fita-cola o talão de troca, ponho o livro no envelope, fecho com fita-cola, ponho uma etiqueta, coloco dentro do saco.

Apercebo-me que não são espanhois. São holandeses.

Rio-me para mim..afinal a culpa não é do meu espanholês...

Eles riem-se para mim..também..

 

Atrás deles está uma senhora com uma bebé ao colo.

Dá-me dois livros e uma boneca.

Embrulho os livros e indico-lhe a fila verdadeira para embrulhar a boneca que não cabe em nenhum dos envelopes.

Deve pensar que eu reprovei na formação de embrulhos de Natal e só passei no módulo: "embrulhar em envelope".

 

Atrás está um senhor que me dá para as mãos uma biografia de Gaudí e me pede para escrever na etiqueta: Klaus.

Ainda fiz um trocadilho:

- Santa Klaus??

O senhor sorri.

 

E eu, deslumbrada como sou...senti-me nas nuvens..

..todos sabemos que muitos presentes de Natal são compradas porque sim, porque temos de oferecer qualquer coisa...

 

...mas outros não...

..são presentes especiais...

...nunca serão esquecidos..

 

....e estes foram embrulhados por mim..

 

por uns minutos fui:

Joana

a embaladora de sonhos..

 

 

38 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Um grupo no facebook para quem gosta de crafts!

  •  
  • Sigam-me

    Instagram

    Comentários recentes

    Arquivo

    Mensagens

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.