Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque

handmade life

Quiosque

handmade life

24
Out17

o chefe, do chefe, do meu chefe

Joana Marques

O chefe, do chefe, do meu chefe.

Faz-me lembrar o Donald. Trump.

Mas sem a cor alaranjada. Pelo contrário. Aquela pele está deslavada. E sem brilho.

Tem uns 50 anos mas aparenta ter 60.

O que me faz desconfiar que tenha uma microflora intestinal completamente acabada e nas lonas.

Eu, agora. Quando olho para uma pessoa. Tento decifrar que tipo de microflora tem.

Uma mania como qualquer outra.

 

Este senhor.

Chefe, do chefe, do meu chefe.

Chama-me Joana.

A rapariga portuguesa.

Se passar pela Melly, uma colega minha canadiana.

Pergunta-lhe sempre o nome. E o país.

Se passar por ela 20 vezes, 20 vezes lhe pergunta o mesmo.

A ela e a outros colegas meus.

Nitidamente, corre a passos largos para a demência.

O que comprova a minha teoria. Microflora intestinal caótica. Em muito mau estado.

As bactérias boas zarparam para terras mais prósperas.

E as más acamparam e obviamente estão a provocar-lhe algum tipo de constrangimento.

 

O chato de saber o meu nome. É que se existe algum projeto para alguém pegar. Ele diz.

- O que pensa a Joana, a rapariga portuguesa. Vai lá ter com ela.

E é por isso que tenho trabalho até à ponta dos cabelos.

 

Gosta do Vasco.

Trata-o bem.

É um fanfarrão. Fala alto. E o Vasco não suporta gente que fale alto. E reclama.

Ele acha piada. E fala ainda mais alto.

O Vasco dá meia volta e vai procurar uma zona adequada a ouvidos sensíveis.

 

Diz que adora Portugal. Que é um país magnifico.

Ao que parece e pelo que me disse só conhece a Quinta do Lago.

Onde costuma passar férias, ano sim, ano sim.

Nunca esteve em Lisboa, nem no Porto.

Só na Quinta do Lago.

Quando se apanha dentro do hotel, lá fica de molho. Durante 15 dias a um mês.

A comida é fantástica. O hotel é fantástico. O tempo é fantástico. E Portugal é fantástico.

 

Ontem apanhou-me num momento de pausa. A comer o meu pão sem glúten. Com manteiga de amêndoa.

E com ar, incrédulo, lá me perguntou ele. Porque raio tinha eu de comer aquilo.

Teria feito mal a alguém? Nesta vida? Na vida passada?

Seria eu masoquista?

O que raio se passava com a Joana. A rapariga portuguesa.

Tirei do meu prato um dos bocadinhos de pão, barrado com manteiga de amêndoa e ofereci-lhe.

Comeu. Saboreou. Gostou.

E comeu outro quadradinho. E depois outro.

E eu...fiquei sem lanche.

Perguntou-me onde se comprava.

Eu disse que tinha sido eu a fazer.

Ficou com ar de quem foi apanhado de surpresa:

"Nós podemos fazer comida em casa??" "Em nossa casa???"

Disse-lhe o que era. Pão sem glúten. Barrado com manteiga de amêndoa.

 

Antes que o homem achasse que eu tinha vindo do mesmo planeta do Alf, o extraterrestre.

Expliquei-lhe. Resumidamente. Muito resumidamente.

Como se ele tivesse 3 anos.

Porque raio andava eu a comer aquilo. Em vez comer donuts. Como os meus colegas.

 

Hoje já passou por aqui.

Para ver o meu almoço. E comparar com o dos meus colegas.

Trouxe um "wrap" de ovo, recheado com brócolos, batata doce, couve flor, tomate, amêndoas e nozes.

 

Ficou tão interessado. Até me perguntou o que estou a pensar trazer amanhã.

Pior.

Quer que eu dê uma formação.

Aos meus colegas.

Sobre bons hábitos alimentares.

 

Ainda argumentei.

Eu sou gestora.

Eu percebo de números.

Leio orçamentos como ninguém.

Gosto de gráficos. Coloridos de preferência.

Ah! E gosto de aviões. O que eu gosto de aviões. Mas de hábitos alimentares...sei muito pouco.

Não sou médica. Não sou nutricionista. Não sou nada. E se passo alguma informação errada??

- Tu consegues, Joana. Rapariga portuguesa.

Disse-me ele enquanto me dava uma palmadinha nas costas.

 

Quero ver como é que Joana, rapariga portuguesa. Descalça esta bota....

 

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Um grupo no facebook para quem gosta de crafts!

  •  
  • Sigam-me

    Instagram

    Comentários recentes

    Calendário

    Outubro 2017

    D S T Q Q S S
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D

    Mensagens

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.