Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

handmade life

23.11.16

o pão nosso de cada dia....

Joana Marques

E Joana, este ser iluminado percebeu que não tem tido tempo de fazer pão.

Há uma infinidade de tempo que anda a comer pão feito pelos outros.

E a Joana não gosta muito do pão de compra.

Porque acha que o melhor pão é o dela. (presunção e água benta cada um toma a que quer....)

E como não tem mais nada para fazer, Joana, este ser sobredotado que Deus deu ao mundo, quer muito comer pão feito por si.

- E se o mundo acaba amanhã e eu não chego a comer o meu pão nunca mais na vida?

Pensa, Joana obra-prima de sua mãe e de seu pai.

E Joana vê que tem fermento em casa.

E Joana percebe que não tem farinha em casa.

São 18h30.

Se for depressa ainda consegue chegar à mercearia aqui do bairro e comprar todo o stock de farinha.

E Joana sai de casa.

E está a chover canivetes.

E Joana não tem chapéu.

 

Joana entra que nem um pintaínho na mercearia.

Toda a gente olha.

Joana está-se nas tintas.

Joana compra a farinha e mais uma centena de coisas que precisa mesmo de comprar. Tipo cotonetes e cenas...

Joana paga a conta e compra um saco.

E como os sacos custam 10 cêntimos.

Compra só um saco.

O saco está cheio, cheio.

 

Então Joana pega num pacote de leite de arroz e põe dentro da mala.

O saco continua cheio. Muito cheio.

Já não chovem canivetes.

Os pingos são do tamanho de vacas leiteiras.

E Joana vai formosa e não segura para casa.

 

E de repente repara que os pacotes de farinha se estão a molhar e entra no prédio e vai ajeitá-los e um explode.

E como está tudo molhado...fica assim uma nhanha....nas mãos....

 

 

E Joana, este ser digno de um prémio nobel...da estupidez..sobe até ao segundo andar..e vai espalhando farinha por onde passa...e nhanha.....

Não contente com todo este cenário, toda ela é farinha..e nhanha...

E chega a casa aflita com o peso. E prepara-se para ir buscar os utensílios de limpeza para limpar o que sujou...

 

Tocam à campaínha!

- Joana, o nosso prédio está cheio de pó branco.

- Sim, eu sei....

Interrompe-me.

- Deve ser carbúnculo.. (anthrax...para as pessoas normais, carbúnculo para o Sr Ludovino...que era oficial da Marianha...e diz palavras como carbúnculo...)

- Car...quê??

- Algo que nos pode matar em horas..

- Não, é far...

Interrompe-me.

- Acho que foram os russos.

- Os russos?? Não! Fui...

Interrompe-me.

- Achas que foram os da Nato?? (temos a Nato relativamente perto de casa...)

Desisti de explicar...e desci..

Joana, a branca de neve.....em modo nhanha...

 
E o pão?

Espetáculo!!

pao1.jpg

 (o Quiosque está no instagram e no facebook)

35 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

  • Isabel

    Olá Joana! Parabéns pelo blog (e pelo cãozinho LIN...

  • Joana Marques

    está tudo bem...ou mais ou menos...Para além da pe...

  • Corvo

    Olá, Joana.Esses croquelines devem ser mesmo muito...

  • Aurea

    Óptimo

  • Joana Marques

    a perna está melhor...Obrigada..

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D