Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

handmade life

03.07.17

palavra de fada do lar...

Joana Marques

Modéstia à parte sou uma fada do lar.

Nem sempre foi assim.

Enquanto vivi em casa dos meus pais. Sempre tivemos empregada. Estava lá por casa, das 9h às 17h.

É claro que todos nós, eu e os meus irmãos tínhamos tarefas atribuídas.

Fazíamos a cama todos os dias.

Separávamos a nossa roupa suja.

Todos os dias um de nós punha a loiça do jantar na máquina, o outro tirava e normalmente a minha irmã arrumava.

A minha mãe, não sei porquê, não confiava a loiça nas minhas mãos. Nem nas do meu irmão.

É óbvio que termos empregada facilitava muito a nossa vida. Hoje dou valor a isso.

 

Podia ter ficado a usufruir destas mordomias mas saí de casa aos 17 anos.

E nos primeiros tempos senti na pele. E senti a falta.

A minha mãe preocupada comigo ainda me disse que podia chamar a dona Aurora uma vez por semana.

Com a condição de ser eu a pagar. Para dar mais valor ainda.

Disse que não. Não pelo dinheiro. Ou por desvalorizar a oferta.

Simplesmente por orgulho.

 

Uma pessoa ou se deixa levar e é infeliz o resto da vida ou enfrenta a situação.

Não me deixei vencer por um frigorífico vazio ou cheio de porcarias. Não me deixei vencer por uma casa suja.

Em menos de nada comecei a esmerar-me no serviço doméstico.

 

Um dos maiores prazeres que comecei a ter foi chegar a casa e ter comida boa feita.

E ter uma casa a cheirar bem. E uma casa em ordem.

 

Ao longo dos anos comecei a gostar de fazer a maioria das tarefas domésticas.

Passar a ferro. Não custa nada porque enquanto passo a ferro acompanho o meu filme, ou série preferida.

Limpar a casa. Não custa nada porque enquanto ando com o aspirador ou com a esfregona ouço música, canto e tudo.

Cozinhar. Divertidíssimo. Parece que estou a superar uma prova de obstáculos. Porque passo a vida a fugir do cão.

 

Quando morava em Portugal escolhia a semana antes da Páscoa para fazer limpezas gerais.

Se tivesse bom tempo. A minha casa era virada pelo avesso.

No ano passado, demorei uma eternidade a tirar aqueles pequenos bolores que se instalam entre os azulejos, na casa de banho.

Não sei se estão a ver o que é?

Passei os azulejos todos, com ênfase nos da banheira, com uma escova de dentes e um detergente.

Também usei lixívia.

O resultado?

Muito cansaço. E no final, não ficou bem como queria.

 

 

Mudei de país.

Não mudei de hábitos.

E quando mudei de casa, há pouco, reparei que os azulejos sofriam do mesmo mal.

Vi na televisão um anúncio a este detergente.

bang1.jpg

Não estava disposta a gastar o meu tempo a raspar os azulejos. Resolvi experimentar.

Comprei-o. Ontem.

Espalhei-o nos azulejos que estão por cima da banheira. Eram os que pediam socorro em voz alta...

Saí da casa de banho. O cheiro não é bom. Podemos até dizer que é mau...

 

Mal comecei a borrifar os azulejos. Pernas para que te quero. Vasco a apanhar ar na varanda.

5 minutos depois voltei à casa de banho.

Vasco continuava na varanda.

E as manchas escuras foram passear. Para longe. E acho que não voltam.

Passei o chuveiro por cima dos azulejos e ficou como novo.

Funciona mesmo. Palavra de fada do lar...

 

Estou a pensar seriamente, aplicar este detergente a outras coisas cá em casa.

Aos cocos por exemplo!

Para afastar a bicheza mais intrometida....e metediça...

vascoeococo.jpg

 

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Ondina Silva

    E só agora me apercebi que não sei escrever:)), já...

  • Bruxa Mimi

    Também me tem acontecido isso por aqui!

  • Ladys

    Que quadro lindo . Bjs, Marina

  • Fátima Bento

    (de há uns tempos para cá não me lembro de nada pa...

  • C.S.

    O que eu ri, Joana!

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D