Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quiosque da Joana

handmade life

Quiosque da Joana

handmade life

15
Jun17

Santa Padroeira dos sem glúten....

Joana Marques

No fim de Março decidi deixar de comer glúten.

Só para experimentar. Sentia-me exausta. Tinha andado a ler uns livros.Tinha aprendido algumas coisas.

Comecei no início de Abril. E foi por esta altura que descobri o regime Paleo.

Por ignorância minha e distração à mistura nunca tinha ouvido falar de tal regime.

Descobri-o através dos livros que li.

E ainda mais importante descobri-o e continuo a descobrir através deste grupo de facebook.

Ainda estou a entranhar alguns conceitos.

Ainda acho certas coisas estranhas. Tento-me informar. Ler muito. E a maior parte das vezes percebo o porquê de certas respostas e comentários.

 

Vou andando devagar. A descobrir. A desbravar caminho. Sem pressa.

A verdade é que me sinto melhor. Muito mais energia. Essa é a grande mudança. 

Quem me conhece pode estranhar a afirmação anterior. É verdade que sempre tive energia para dar e vender. Mas agora é diferente. E não consigo explicar muito bem....

 

Estou mais optimista e positiva. Outra afirmação que pode causar estranheza a quem me conhece.

Tenho um pensamento mais límpido. Estou mais concentrada.

 

Não penso tanto em comida. Já não como aquelas refeições todas que comia.

Porque andava sempre esfomeada e a cair para o lado se não comesse imediatamente.

Tal como os fumadores, que precisam de fumar de x em x tempo. Eu precisava de comer. E parava tudo porque tinha de comer. Era escrava da comida. E tinha peso a menos...ainda tenho!

Neste momento não. Como quando tenho fome. Não tem de ser imediatamente. Isto é uma diferença abismal na minha vida.

 

A verdade é que me habituei muito bem a este estilo de vida.

Senti a diferença logo no início. E isso parecendo que não, é um incentivo.

Mas um dia, uma sexta-feira, cheguei mais tarde, vinha cheia de fome e quase prevariquei.

Já tinham passado umas 3 semanas de ter começado e apeteceu-me comer algo...nem sei bem o quê.

 

Percebi que me faltava o pão.

Muitas vezes quando chegava a casa tarde e cheia de fome comia uma sanduíche e pronto.

Só que num regime sem glúten não tinha pão. Podia comprar pão sem glúten mas cortei todos os processados.

Aliás, antes de aderir ao Paleo o meu objetivo foi cortar glúten e processados.

 

Tentei fazer pão sem glúten. Fazia pão há vários anos. Normal, com farinha de trigo. Achei que era a mesma coisa.

Não é. Nada me saiu bem.

Até que descobri uma receita no grupo de facebook Paleo Descomplicado.

O pão da Márcia Patrício.

 

Só à terceira é que saiu bem. Por culpa minha que decidi inventar!

O mais extraordinário é que dá muito menos trabalho do que o com glúten.

Entretanto tenho experimentado novas misturas. E tem corrido bem.

Faço em bolinhas e congelo.

Contrariamente ao que se passava na minha outra vida, não sinto necessidade de comer pão muitas vezes.

Uma a duas vezes por semana.

 

Depois de ter escrito o post sobre a partilha.

Lembrei-me da Márcia. Santa Padroeira dos sem glúten!

Obrigada, Márcia!

Podem ver a receita da Márcia aqui. A do pão e muitas outras. Inspirem-se!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Um grupo no facebook para quem gosta de crafts!

  •  
  • Sigam-me

    Instagram

    Comentários recentes

    Arquivo

    Mensagens

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.