Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

07.12.16

shiuuuuu!

Joana Marques

Ter de me ausentar sempre foi um processo difícil para ele e consequentemente para mim...

 

As primeiras vezes que fui para Barcelona ficou numa box em casa da minha irmã.

Foi sempre um cão infeliz enquanto lá esteve.

 

Mudei de estratégia e deixei-o em casa do meu irmão.

Como tem os miúdos e uma cadelita podia ser que o processo fosse mais fácil.

Não foi.

Durante a minha ausência o mundo não existiu.

 

Na semana seguinte deixei-o sozinho em casa.

A minha amiga Mafalda e o meu amigo Gui fizeram o favor de lá passar.

No primeiro dia foi a Mafalda e o Vasco cumprimentou-a, comeu quando ela lhe encheu as taças de ração mas não quis passear.

Ela ficou lá com ele um tempo.

Ele foi muito amigável.

No dia seguinte aparece o Gui.

Foi tratado a pontapé e a rosnanços.

Não deixou que lhe fizesse festas.

Deixou-o encher as taças de comida e depois correu com ele.

O Gui ligou à Mafalda a dizer:

- Amanhã vai lá tu...

A Mafalda voltou e ele voltou a ser dócil...

 

Na semana seguinte mudei de estratégia.

Como o meu sobrinho Pedro, filho da minha irmã, frequenta muito a minha casa e o Vasco gosta muito dele.

Pedi à minha irmã e o Vasco ficou no quarto do Pedro.

Aproveitei o aniversário do meu cunhado para o levar e deixei-o.

Não correu bem.

Melhor do que na box mas mesmo assim mal...

 

Quando voltei a Barcelona, uma das últimas vezes, recusou-se sair de casa.

Tinha combinado com o Pedro:

- Finges que o vais passear e quando ele reparar está em tua casa...

Este cão tem de certeza absoluta uma bola de cristal incorporada e pela primeira vez recusou-se a ir passear com o Pedro....

Ficou em casa sozinho outra vez.

Ainda tentei levá-lo para casa do meu irmão mas não consegui que saísse de casa...

O meu sobrinho Pedro fez-lhe companhia.

Nunca quis sair de casa mas teve uma vida mais ou menos normal...

 

Cada vez que eu ia para Barcelona ia de coração nas mãos e a ideia de arranjar uma casa foi tomando forma..e começou a parecer-me a mais correta...

Assim foi, desta vez veio comigo...mas....

Quando eu saí a primeira vez para correr e ele me viu equipada e se ofereceu para ir comigo, percebi que tinha um problema.

Não queria ficar sozinho em casa...

O cão mais preguiçoso do mundo preferia correr a ficar a dormir...

 

Solução?

Tem me feito companhia no trabalho.

 

No início toda a gente estranhava, agora já se começam a habituar e ontem já duas pessoas fizeram o mesmo e trouxeram os cães para o escritório....

...para o Vasco é  indiferente...não lhes liga nenhuma..

 

O problema agora é outro!

Como não dorme o seu sono de beleza de manhã....

....e à tarde....

...anda esbodegado de sono e....

........adormece em todo o lado....

.....e ressona!

vasco12345.jpg

Shiuuuuu!

 

57 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

Links

Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

As histórias do cão! 🐶

Tricot 🌺

Crochet 🌻

Receitas 🍳🥦🥧

Planear ⌚📅 📊

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D