Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

handmade life

Quiosque da Joana

handmade life

19
Jul17

overnight. O pequeno almoço..

Joana Marques

Quando publiquei este post, percebi que o pequeno almoço deve ser uma dor de cabeça para muita gente.

Até hoje foi um dos post's com mais visualizações. Não tendo destaque. É porque foi mesmo importante.

 

Aqui há uns dias chegou-me aqui a casa este livro.

cs.JPG

Quando olhei para o titulo achei que podia não se adaptar a mim...

Eu não sou uma criança. Nem vivo com uma grande família. O livro é tudo de bom.

Comecei por folhear o livro. À pressa. E gostei logo muito dele.

Adapta-se perfeitamente ao meu estilo de vida.

Cheio de dicas e ideias.

Muitas receitas que aproveito. Praticamente todas. E muitas ideias para eu própria inventar as minhas receitas.

 

Uma das sugestões que mais gostei chama-se overnight.

E o que é um overnight?

É algo espetacular.

Resumidamente: já não há desculpas para comer mal porque não temos tempo de manhã, para fazer isto ou aquilo.

Este pequeno almoço faz-se na véspera.

Não vou deixar a receita do livro. Obviamente.

Vou deixar-vos com a minha versão que é diferente da do livro. Bastante diferente.

 

Na noite anterior, coloquei num copo uma dose de iogurte de coco.

Juntei-lhe granola. E frutos vermelhos.

Misturei tudo muito bem e esmaguei alguns frutos vermelhos.

No dia seguinte de manhã. Uma explosão de sabores. O doce da granola e da fruta sentia-se por toda a parte.

Para mim foi suficiente, mas para os mais comilões podem acrescentar um pão sem glúten barrado com manteiga de amêndoa, por exemplo.

Ou um ovo cozido. Não ao overnight, ao pequeno almoço...

Ou simplesmente duplicar a dose. Triplicar?

Se rebentarem...não me denunciem, se faz favor...

Rápido. Muito rápido.

Saudável. Muito saudável.

 

P7180539.JPG

E pensem em todas as conjugações que podem fazer.

Frutas.

Muitas frutas à disposição.

Granola.

E sementes.

Iogurtes de coco, amêndoa, cabra, kéfir, leite de coco.

O céu é o limite...

Vale tudo menos tirar olhos e usar iogurtes.....daqueles cheios de açúcar. BLHEC!

 

16
Jul17

granola feita em casa. É tudo de bom!

Joana Marques

Durante muito tempo comi cereais de pequeno almoço dos mais normais.

Comprava-os e comia-os, porque me sabiam bem.

Açúcar? Nunca foi uma preocupação minha. Ser processado. Muito menos.

 

Quando fiz o meu yorktest, comecei a verificar que praticamente todos os cereais de pequeno almoço estavam fora da minha alimentação.

Durante um tempo comprei corn flakes.

Encontrei uma ou outra marca que podia comer.

Misturava-os em iogurte por exemplo.

 

Mais tarde, descobri a granola.

Lia muito bem os rótulos.

E se na lista de ingredientes não constasse nada proibido para mim, era uma escolha certa!

Descobri uma granola que adorava. Esta.

Sempre que a encontrava no supermercado. Era minha.

Tinha dois contras. Era muito cara. E não era feita por mim.

Com o passar do tempo achei que devia começar a fazer a minha própria granola.

Depois de pesquisar receitas. Experimentar. Cheguei à receita que sigo normalmente.

 

Podemos colocar na granola tudo que o que quisermos.

- Sementes (sésamo, abóbora, girassol, chia, etc)

- Frutos secos (amêndoa, nozes, pinhões, avelãs, etc)

- Passas.

- Fruta desidratada.

 

 

Normalmente quando faço a granola, uso o que tenho, há mais tempo em casa.

Para que nada se estrague.

 

A regra que uso é:

- Para cada 500 g de secos, 200 g de mel e duas colheres de óleo de coco.

Passo os secos no liquidificador. Para triturar ligeiramente. Não queremos ter amêndoas inteiras mas também não queremos ter farinha.

Envolvo tudo em lume brando.

Espalho num tabuleiro previamente coberto com papel vegetal.

Coloco no forno. A 180º.

Vigiar com muita atenção.

De 5 em 5 minutos convém mexer.

Devem retirar do forno quando estiver dourada. Deve levar entre 20 a 30 minutos.

Quando retirarem do forno, convém continuar a mexer até arrefecer.

Quando estiver fria podem colocar dentro de um frasco.

 

Por muito boa seja a granola que compram, esta é muito melhor.

A que faço nunca tem aveia.

Porque não gosto de aveia.

Sei que é muito saudável mas ainda não faz parte das minhas preferências.

Vai com o tempo. Quem sabe um dia não é o meu ingrediente preferido.

 

Com o tempo começamos a perceber o que queremos encontrar na nossa granola.

O que gostamos mais.

Esta granola tem:

- 100 g de amêndoa;

- 100 g de nozes;

- 100 g de sementes de girassol;

- 100 g de sementes de abóbora;

- 50 g de sementes de sésamo;

- 25 g de sementes de papoila;

- 25 g de sementes de chia.

 

51 (16) (1).JPG

Acompanhei com leite de coco e mirtilos.

E aqui está um snack bom e saudável.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Um grupo no facebook para quem gosta de crafts!

  •  
  • Sigam-me

    Instagram

    Comentários recentes

    Arquivo

    Mensagens

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.