Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

handmade life

Quiosque da Joana

handmade life

18
Set17

a minha cozinha. É uma linha de montagem...

Joana Marques

Não é fácil.

Todos nós já passámos por isto...

Chegar a casa exausta do trabalho.

Esfomeada.

É meio caminho andado para pegar na primeira porcaria que aparece à frente.

 

Pior.

Começar a comer a porcaria mesmo antes de chegar a casa.

 

Pior. Muito pior.

Ir às compras. Depois de sair do trabalho. Esfomeada.

É meio caminho andado para pegar em meio supermercado. Comprar tudo o que não precisamos.

Mentira. Não é meio caminho andado. É todo o caminho andado.

É só tirar. Pagar. E ir para o carro comer tudo o que não se deve.

 

Percebi, já há muito tempo que a minha vida só lá vai com organização.

Para ter uma semana sem stress nenhum. Ou quase nenhum.

Existem por aqui pequenos passos que não prescindo.

 

Trato das refeições. Preciso de 10. Todas as semanas.

Não conto com o fim de semana. Porque é mais descontraído. 

 

Em primeiro lugar, à sexta-feira penso na proteína que quero fazer.

Muitas vezes escolho no supermercado.

Escolho carne. E peixe. Que se cozinhem de forma diferente.

 

Quando cozinho. A minha cozinha. É uma linha de montagem.

Carne a assar no forno. Bifes de frango no grelhador. Peixe a grelhar no micro-ondas. E um guisado no fogão. Peixe cozido a vapor.

Conforme vão ficando prontos coloco em caixinhas. 10 caixinhas.

Todas iguais.

Para não dar em maluca com as tampas. Um stress a evitar.

Às vezes tenho sorte. Dá para mais. E já sobra para o fim de semana!

 

E acompanhamentos?

Escolho cerca de 5 ou 6. E conjugo de forma diferente.

Esta semana escolhi.

- cabeça de nabo cozida a vapor.

- espinafres salteados em azeite.

- brócolos cozidos a vapor.

- cogumelos salteados.

- courgette cozida a vapor.

- Abóbora cozida a vapor.

- O guisado tem cenoura, tomate, cebola e alho.

 

Começo pelos cogumelos porque são os mais fáceis de arranjar. 10 minutos. Estão prontos.

Entram os espinafres. 5 minutos. Pronto.

Courgette, abóbora e cabeça de nabo. 10 minutos.

E por fim os brócolos. Faço muitos. E ocupam muito espaço.

Conforme ficam prontos vou combinando nas caixinhas as diferentes opções.

Com 6 tipos de acompanhamento. As refeições ficam todas diferentes.

É só arrumar no frigorífico. Tudo arrumado de forma aleatória.

Se bem que a caixinha que tem pescada, não sei porquê, só é consumida à sexta- feira. Ao jantar.

Ou ao sábado. Às vezes escapa para domingo...

 

No fim. 3 máquinas de loiça.

Com a garantia que durante a semana pouca loiça se suja. 

Duas a três horas dispendidas na cozinha. Um investimento. 

Durante a semana não vou cozinhar mais.

É só abrir o frigorifico. Tirar uma caixinha. Levar ao micro-ondas.

E já está!

E para a semana há mais!

4 (29).JPG

 

24
Mar17

livro de receitas..

Joana Marques

Não tenho livro de receitas.

Ou melhor tenho um livro de receitas que herdei da minha avó Adélia.

Já experimentei praticamente todas as receitas.

Alterei muitas.

 

Já tive um caderno onde escrevia todas as receitas.

Com o tempo foi ficando manchado com o uso e com os desastres culinários que lhe caíam em cima.

Com a alteração de receitas era um caderno manchado e riscado.

Optei por arrancar as páginas. E o caderno começou a ficar mais magrinho.

Comprei outro. Aconteceu o mesmo. Desisti.

 

Agora imprimo uma espécie de formulário que criei.

Passo a receita.

E plastifico a receita. Nunca se suja.

Se a alterar faço de novo.

Furo a folha e ponho num dossier.

É muito funcional...

21
Mar17

creme budwig! O pequeno-almoço....

Joana Marques

Já todos ouvimos dizer que o pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia.

E acho que quem diz tem razão.

Eu acordo sempre, todos os dias com uma fome capaz de comer todo um frigorífico. O frigorífico não será. O seu conteúdo...

 

Quando era miúda e morava em casa dos meus pais comia Nestum Mel. As toneladas de Nestum Mel que eu e os meus irmãos comemos...

Quando deixei a casa dos meus pais introduzi a Cerelac, mais vale tarde do que nunca....

 

Com o passar do tempo e com todas as intolerâncias deixei de consumir leite. Passei a comer um iogurte e uma torrada.

Quando fiz o meu teste de intolerâncias alimentares tive de mudar radicalmente.

Passei a comer bolachas de arroz e iogurte de soja. Asneira, mais uma vez....

Os iogurtes não eram os mais corretos.

O que comia era aqueles de sabores, para além de estarem carregados de açúcar alguns também têm corante.

E as bolachas....

 

Até que num dos workshops que fiz aprendi a fazer creme budwig.

E comecei a comê-lo todos os dias ao pequeno almoço.

E não, não comemos sempre o mesmo porque alguns ingredientes podem e devem mudar ao longo da semana.

 

Pode acontecer terem alguma reação nos primeiros dias.

Eu tive!

O meu corpo não estava habituado a ter este tratamento.

Ao fim de quinze dias os meus níveis de energia dispararam.

Parece complicado mas faz-se num instante, a partir do momento em que passa a ser rotina.

Existem várias versões. A minha é sem lactose e sem glúten.

 

Ingredientes:

 

uma colher de sopa de sementes (sésamo, linhaça, girassol, papoila, chia )

sumo de meio limão

um iogurte natural (coco, amêndoa......)

(4 colheres para quem usa iogurtes familiares)

uma colher de sopa de uma gordura boa (azeite, óleo de coco, óleo de linhaça, um quarto de abacate....)

uma banana

uma porção de fruta da época (uma maçã, uma manga, uma pera, 4 morangos.....)

(se tolerarem a casca devem incluir a casca da fruta)

uma colher de sopa de um fruto seco (nozes, pinhões, amêndoas, avelãs....)

 

Tudo no liquidificador ou varinha mágica.

Em dias inspirados, polvilho com canela e ponho frutos vermelhos!

P3190225 (1).JPG

  Se quiserem planear as vossas refeições, 

ou os ingredientes a usar no creme budwig, por exemplo:

podem usar este mapa.

Para não se perderem na organização das farinhas usem este!

 

Meus queridos amigos e amigas, cabe-me a mim dar-vos a boa nova.....

.....estão prontos a conquistar o mundo! 

 

22
Fev17

planeamento de refeições...

Joana Marques

Quando fui morar sozinha, tinha eu 17 anos, era a mais desorganizada das pessoas.

O meu principal stress era as refeições.

Chegava a comer de propósito no trabalho para não ter de as cozinhar. E a comida de fora deixa sempre, sempre a desejar!

 

A aversão à cozinha nem tinha a ver com o facto de gostar ou não de cozinhar.

Na altura nem gostava nem deixava de gostar.

O stress era outro.

Chegava a casa cheia de fome e pensava:

- o que vou fazer hoje?

- lasanha.

- boa!

Boa, nada! Porque depois percebia que não tinha metade dos ingredientes em casa.

E acabava por comer a primeira porcaria que estivesse à mão.

 

Com o passar do tempo fui-me organizando.

Aprendi a cozinhar melhor. E elegi vários pratos que são a base da minha cozinha.

Isto não quer dizer que eu não inove. Estou sempre à procura de aprender a cozinhar novas receitas.

 

Partilho, hoje, o meu planeamento de refeições.

planificacao.jpg

Na verdade estão dois no mesmo ficheiro.

O que aparece na imagem é o mais completo com 4 refeições diárias.

Eu quando uso opto pelo segundo. Só com almoço e jantar.

A última coluna serve para anotar os ingredintes que precisamos usar ou então apenas os que precisamos de comprar.

 

Quando planearem as refeições, não deitem fora no final da semana!

Porque ficam com uma semana de refeições já preparada para outra altura.

Não direi para a usarem daí a um mês...mas experimentem daí a 3 ou 4 meses. Poupam tempo e energias!

aqui tinha partilhado alguns mapas que uso para palnear os meses e as semanas.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Um grupo no facebook para quem gosta de crafts!

  •  
  • Sigam-me

    Instagram

    Comentários recentes

    • Anita

      Não me acredito que a Joana disse isso!

    • Paula Maria

      Parece-me que o teu norueguês está aprovadíssimo q...

    • A Desconhecida

      Hahahaha muito bom!!!

    • Catarina

      sem palavras!!!! o que eu me ri!!!!

    • José da Xã

      A raiva deles é compreensível. Num país em que met...

    Calendário

    Setembro 2017

    D S T Q Q S S
    12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930

    Arquivo

    Mensagens

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.