Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

handmade life

Quiosque da Joana

handmade life

27
Mar17

vai chegar. Não tarda nada.

Joana Marques

Quando cheguei andava por aqui a rondar uma virose...

Uma virose é tipo um Magnum de Frutos Vermelho. Só que em vez de ser uma explosão de sabores...é uma explosão de fluídos e cenas...e coisas...e blhec...

 

Algumas pessoas estavam em recuperação. Tanto voluntários como locais.

Comigo tudo normal. Tinha era uma dorzinha chata nas costas. Aquela que tenho quando começo a ter asma.

 

Com o passar dos dias os voluntários que tinham vindo comigo começaram a cair que nem tordos.

Comigo tudo normal. Tinha era uma dorzinha de cabeça. Uma moinha e mais a dor nas costas.

 

Um destes dias, já nem sei quando, porque entretanto perdi um pouco a noção do tempo, o Vasco colapsou.

Estava sempre deitado.

Tinha dores de barriga.

Tremelicava.

Não comia.

Vomitou.

Uma noite em claro a vigiar o sono dele. No dia seguinte já estava melhor. Começou a beber água.

 

Ainda o levei a um veterinário.

Que falava grego.

Muitas recomendações.

Eu disse que sim com a cabeça sem perceber nada.

Liguei ao veterinário dele.

Que me deu algumas indicações, em português!

No dia seguinte estava como novo. Percebi isso porque roubou uma banana a uma colega minha.

 

Comigo tudo normal.

Tirando o facto de andar cheia de tonturas, com dor nas costas e dor de cabeça.

Nada se passava.

 

Tenho impressão que se um dia acordar num estábulo, rodeada de palha por todos os lados, não tiver força nas pernas e me chamarem Cornélia.

Vou achar normal. Nada se passa.

 

E quando o veterinário me aplicar uma dose qualquer para ir desta para melhor.

Vou estar assim.

Porque nada se passa.

vacaqueri.png

 

Quando eu já estava com o estômago completamente alterado, cheia de tonturas, com uma dor de cabeça do tamanho da Austrália e uma dor de costas considerável, chamaram o médico.

Não para mim, porque comigo nada se passava.

Para uns quantos que estavam num estado lastimoso. Não era o meu caso. Obviamente.

Ainda fui espreitar o médico mas tinha um ar de, sei lá... capador de porcos...no mínimo....

 

Até que:

- Acho que estou com uma virose. Disse eu ao meu supervisor.

E pronto. Lá fui eu entregar-me nas mãos do médico. Um grego enorme. Com cara de poucos amigos.

Que me espetou uma seringada de qualquer coisa que me fez despertar para a vida.

 

Agora nada se passa.

Só uma dorzinha chata nas costas. 

A cabeça a estoirar. 

Um estômago que deve estar virado do avesso.

Uma dor no lado direito da barriga.

Muita tristeza.

Cansaço extremo.

E tonturas, já tinha falado das tonturas???

 

...aguardo pacientemente, a chegada da Joana....alguém viu a minha pessoa, por aí?

Pode demorar um bocadinho. Mas vai chegar....

Não tarda nada.

 

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Um grupo no facebook para quem gosta de crafts!

  •  
  • Sigam-me

    Instagram

    Comentários recentes

    • Joana Marques

      nem me lembrava da campanha eleitoral.......pois, ...

    • Paulo

      Em breve, muito em breve, os governantes, os polít...

    • Aurea

      Podes optar por cor-de-laranja... Na na na na na.....

    • Joana Marques

      O Vasco não é nada friorento, por isso adora estar...

    • Aurea

      Parece uma boa ideia E tem de ser nessas cores E...

    Calendário

    Março 2017

    D S T Q Q S S
    1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031

    Arquivo

    Mensagens

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.