Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

handmade life

Quiosque da Joana

handmade life

14
Nov16

Vasco, o empanturrado...

Joana Marques

Sábado fui trabalhar.

Até finalizar o projeto de Barcelona, não me safo de trabalhar aos fins de semana.

Tive sorte, porque ontem, domingo, tive de ir distribuir os meus netos e por isso tirei o dia para me baldar ao escritório.

Nada que uma ou duas noitadas, durante a semana não resolvam.

Na sexta já tinha entregue dois netos. Só faltavam 4.

Fui buscar os 4 a Cascais, a casa do meu irmão. Rumei até Alcântara para entregar o primeiro.

Bebi um café com a minha amiga e falámos um bocado...sobre tudo e sobre nada.

Comi uma tarte de limão, despedi-me e segui até Santarém.

 

Cheguei a Santarém por volta das 10h.

Um pouco antes talvez.

A mãe da minha amiga Margarida esperava-me.

Fiquei um bocado à conversa com ela.

Aproveitei o wi-fi lá de casa para ir dando um olho no blog.

Tinha 3 netos comigo.

A mãe da minha amiga Margarida escolheu um.

Bebi chá e comi umas broas de mel que estavam espetaculares.

Pedi a receita.

Trouxe a receita e uma dúzia de broas para comer durante a semana!

Deixei a mãe da Margarida na praça e rumei até Torres Novas!

 

Cheguei a casa da minha tia Graça e do meu tio António.

Já só tinha dois netos.

Escolheram o mais pequeno e deram-lhe o nome de Tobias.

Comi uma salada de frutas divinal que a minha tia tinha feito para o almoço.

Como tinha de entregar o último cachorro não podia almoçar.

Trouxe limões, romãs e um cabaz de legumes que me vai dar para um mês...

 

Finalmente, cheguei ao destino final.

Tomar.

A casa dos pais do Gui.

Cheguei à hora de almoço.

Tinha à minha espera um cozido à portuguesa dos deuses.

Entreguei o cachorro aos novos donos e comi até cair para o lado.

Aquela orelha de porco...Deus me perdoe....ai aquela orelha de porco..

Fiquei lá a conversar com os pais do Gui, nem dei pelo tempo passar.

Saí já passava das quatro da tarde.

Antes de me ir embora ainda criei uma página de facebook para o pai e para a mãe do Gui.

Perguntaram-me o que era, mostraram-se interessados e eu achei que era uma maneira espetacular do Gui, parar de me chamar traste a toda a hora...não vai ter coragem com os pais a ver...

 

Cheguei a minha casa liguei ao meu irmão que me informou que ia receber visitas..

- Combinámos ir aí a tua casa jantar.

-

- O grupo do costume..

- Não tenho nada em casa

- Não te preocupes, é em tua casa por ser mais central, nós levamos tudo.

-E tudo é o quê?

- Sushi. E mais algumas coisas. Já encomendei o Sushi e vou buscá-lo a Lisboa antes de ir a tua casa.

- A Lisboa? Não arranjaste nada mais perto?

- Descobri o melhor restaurante de Sushi em Lisboa quero que experimentem e não me custa nada...

Ficou combinado.

Dei um jeito na casa.

O Vasco devia prever qualquer coisa porque estava meio stressado.

 

 

19h!

Liga-me o meu irmão. Estava numa fila infernal em Lisboa e por isso ia chegar um pouco mais tarde..

Chega o  Gui:

- Vê lá que os meus pais têm página de facebook, pediram-me amizade...

Joaninha, caladinha que nem um rato...

 

Chega a Mafalda, o Diogo, o Américo...

Chega finalmente o meu irmão, cunhada e sobrinhos...

Sr. cão a explodir de contentamento mas também stressado.

Muito stressado.

Se alguém entra na sala? Ai de alguém que se sente no sofá.

E no terraço? Outro sofá.

E se alguém dá beijinho na Joana? Isso é que era bom...

E se a Joana abraça alguém (o sobrinho mais novo...e a sobrinha...). Nunca...sai daí ó emplastro..

 

Começámos a pôr a mesa na sala. Cada vez mais composta. O sushi, a estrela, no centro da mesa. O meu irmão é como a minha mãe tem sempre medo que a comida falte...dava para alimentar toda a família Trump...

Tiro uma foto para partilhar no instagram.

Andamos pela casa toda mas estamos mais na cozinha. Eu a cortar uns queijinhos que o meu irmão trouxe do Alentejo...quando ouço..

- Joana??

- ?

-Vem cá ver o Vasco. Está estranho.

 

Fui ver. Coração aos saltos.

Estava deitado no chão do terraço. Não é nada dele...gosta mesmo é de se deitar no sofá.

Não parecia doente mas estava esquisito. Muito mole....sem reação..

 

  - Joana??

- ??

- JOOOOOANA?? Chama-me o Gui...

- O que foi??

- Onde é que está o Sushi?

- Em cima da mesa da sala. Onde é que querias que estivesse??

-

 

Valha-me São José de Alvalade...

não é preciso andar em Harvard

para perceber o que aconteceu...

um Vasco enfartado + desaparecimento de comida

 

É incrível como é que limpou três pratos de sushi.

Estavam no centro da mesa!

O larápio não fez barulho nem tirou nada do lugar!

Não sujou nada!

E tudo em tão pouco tempo...não admira que tenha ficado meio agastado....é o que dá ter de comer à pressa!!

 

E nós?

Nós tivemos de nos socorrer dos frangos assados da churrasqueira aqui da rua...

Nunca desiludem estes fraguinhos assados, do sr. Mário...

 

Pelas nove da noite o meu irmão recebeu uma mensagem do restaurante a perguntar se tinha gostado, se estava tudo bom.....

- diz que o sushi era tão bom, tão bom que foste assaltado!

 

Entretanto tinha ligado para o veterinário a perguntar se havia Alka-Seltzer para cães...para ver se o enfartamento lhe passava...disse-me para aguardar..que ficaria bem, quase de certeza.

 

Confirmou-se! Hoje de manhã tive direito a despertador.

E quando o levei à rua estava feliz da vida!

 

 vasco456 (1).jpg

(o meu irmão tinha razão o sushi é mesmo bom!)

 (o Quiosque está no instagram e no facebook)

 

37 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Um grupo no facebook para quem gosta de crafts!

  •  
  • Sigam-me

    Instagram

    Comentários recentes

    Calendário

    Novembro 2016

    D S T Q Q S S
    12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930

    Arquivo

    Mensagens

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.