Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

O meu prédio...#2

24.08.16, Joana Marques

Chego a casa por volta das 15h...saí de casa às 6h da manhã.

Estou feita num oito...mas cheia de planos para o resto do dia.

Entro no meu prédio...

O Sr Ludovino levanta-se da cadeira, pára o rádio e diz-me: está um cheiro esquisito no prédio..

Inspiro...de facto....um cheiro...estranho...

É gás diz o Sr Ludovino.

 

É nestas alturas que eu percebo porque guardo na memória todos os palavrões que fui colecionando ao longo da vida.

Veio-me à cabeça o dia em que cheguei a casa e o cão me tinha atacado o fogão, roído os bicos do fogão deixando um a deitar gás por todos os lados.

Quando cheguei a casa, só não acendi a luz e fui pelos ares..porque era verão e ainda era de dia.

Nesse dia, apontei com o dedo indicador, a porta de saída ao cão.

Percebeu e nunca mais repetiu a graça.

 

Inspiro mais vezes....alívio total!

- não é gás. Confirma-se, está um cheiro..... parece que alguém fumou um hippie...

- eu não fui....diz o Sr Ludovino...

Se não foi o Sr Ludovino..e eu não estava em casa..só podia ser do primeiro andar..

- Sr. ludovino, já perguntou à dona Cândida???

- Joana, tenho 85 anos, não posso andar a subir e descer escadas, isso é para gente da tua idade...

Começo a subir as escadas, o Sr. Ludovino, atrás de mim.

Um cheiro muito intenso, falta de ar, MUITA falta de ar, toco à porta, tiro a bombinha da asma...

Aparece a dona Cândida..

Asma, asma, asma, .........mal posso falar...

O cheiro vinha de uma planta que colocaram na escada....a Dona Cândida trouxe a planta de Santarém:

-  Este cheiro afasta os insetos....usámos em Santárem e resultou, nem uma melga!

- Já viu como pôs a rapariga?? Diz o Sr Ludovino....

- pegue nisso e ponha já dentro de casa ...

É um bocadinho ditador...

A dona Cândida pega na planta e põe dentro de casa....pede desculpa...

Atendendo a que a planta pretende afastar melgas e mosquitos.

Eu sou a única afetada.

Eu queria ser um avião mas o pedido chegou lá acima com defeito....

 home-heart.jpg

 

Sr Cão #3

23.08.16, Joana Marques

Foi operado.

Nada de mais. Um problemazito no ouvido.

Combinei com o veterinário deixá-lo lá de manhã e ir buscá-lo à tarde.

Saímos de casa sem problemas. Entrou no carro a explodir de alegria. Adora andar de carro.

No caminho apercebe-se para onde vai. E a diva que tem dentro dele acordou!

Todo o caminho a ganir, a chorar a guinchar. A infelicidade total.

Quando cheguei tive de chamar reforços.

Estava como morto e era impossível tirá-lo sozinha do carro.

Já o conhecem. Já se riem.

Lá saiu do carro, ao colo do Rui, o veterinário.

Lá foi pelas próprias patas até ao consultório.

A tremer que nem gelatina.

E a carimbar tudo e todos com xixi.

Stress.

Saí de lá com um camadão de nervos e com lágrimas nos olhos.

O Rui lá me acalmou:

- não é nada, é quase rotina. Vai descansada.

Quando a intervenção terminou ligou-me.

- Correu tudo bem mas partiu duas unhas, é teimoso que nem uma porta.

Passei a vida inteira a ouvir dizer o mesmo da minha pessoa... és teimosa como uma porta!!

- A partir das 17h vem buscá-lo.

Às 17h estava lá.

Quando me viu, ganiu, chorou, estava com umas trombas do tamanho da Austrália.

- Deve ter dores.

- Está medicado, não pode ter dores. Joana, é fita. É uma grandaaaaa fita!

Fomos para a rua, eu, o cão e o Rui.

Agradeci ao Rui e disse:

- Vasco, vamos para casa??

E ele faz isto...

srcao.jpg Pilantra!

 

Eu queria ser um avião...

22.08.16, Joana Marques

Duas gravidezes e dois partos espetaculares.

Depois apareci eu.

Uma gravidez cheia de enjoos e sustos.

Um parto provocado por pré eclampsia.

E assim vim ao mundo. De forma apressada e provocada.

 

O meu pai não assistiu ao parto mas estava no hospital. Diz que quando me foi ver ao berçário eu era o bebé mais bonito que lá estava.

Olhos de pai.

Eu nasci pequenina, com muito cabelo preto e uns grandes olhos azuis.

A verdade? Era um macaquinho, dos mais feios.

 

A minha mãe disse ao meu pai. Passa por uma igreja para agradecer. Ah! Não quero flores. Quero que vás à igreja, só.

 

O meu pai saiu do hospital e fez um desvio, antes de ir à igreja, foi primeiro ao Estádio de Alvalade inscrever-me como sócia.

E assim nasceu um grande amor e um grande amor dura uma vida inteira!

 

Como o meu pai é conhecedor do género feminino passou por uma florista e comprou um ramo de flores para levar à minha mãe.

Voltou ao hospital.

Já eu, Joana estava junto dela, acordadíssima e de olhos bem abertos!

 

O meu pai saiu do hospital e convidou os meus padrinhos para irem à missa aos Jerónimos. E assim sossegar a minha mãe. Nunca se deve brincar com os desejos de uma mulher e com as hormonas num turbilhão, muito menos. O meu pai sabia disso.

 

Era uma criança um bocadinho difícil, queria escolher a roupa, a comida, era teimosa, muito teimosa. 

Quando eu tinha 4 anos a minha mãe tomou uma decisão que comunicou ao meu pai:

- a Joana tem de ir para um infantário, aprender regras....

E eu fui!

 

O que eu fui feliz no infantário!

Ainda me lembro da minha irmã com 14/15 anos me ir buscar e eu de mochila às costas e com os desenhos que tinha feito durante o dia, correr que nem uma maluca pela Ferreira Borges em Campo de Ourique, para chegar a casa e mostrar as minhas obras.

A minha mãe, pintora.

Eu achava que os meus trabalhos se equiparavam aos dela....ah! ah!

A minha irmã com uma vontade de me esfolar e de gritar mas limitava-se a acelerar o passo que uma menina de família não corre, não fala alto e muito menos ralha com a irmã em público.

Melhor para mim!

 

À noite, ao jantar, falava, falava, falava, contava tudo o que se tinha passado durante o dia.

A minha família deve ter pensado durante um tempo:

- trouxemos o macaquinho errado da maternidade.

Com o passar dos anos fui ficando, fisicamente, igual à minha avó alentejana e aí está a prova de que o macaquinho veio para o galho certo!

 

No Natal, fizemos uma festa no infantário.

Com cantorias e pouco mais.

Os meus pais e irmãos na fila da frente.

 

A sala cheia. No final, cada um de nós agradeceu e apresentou-se:

- Olá eu sou a Carlinha, tenho 4 anos e quero ser bailarina...

- Olá eu sou o Carlitos, tenho 4 anos e quero ser bombeiro..

- Olá eu sou o Paulinho, tenho 4 anos e quero ser médico...

-Olá eu sou a Joana, tenho quase 5 anos e quero ser um avião...

 

A minha mãe consumida pela vergonha, o meu pai a rir tal como o resto da sala...

 

E eu não percebi porquê, ainda hoje não percebo....nunca ouviram dizer: Joaninha, voa, voa??

aviao1.jpg

 

 

 

tempos livres #4

21.08.16, Joana Marques

No início de cada ano, estabeleço uma meta: frequentar, pelo menos, 4 workshop's diferentes.

Aprender, aprender, aprender...

Se eu não sair da minha zona de conforto começo a ficar angustiada...

Ontem foi a vez de aprender a pintar cerâmica...

Não saí propriamente da minha zona de conforto mas aprendi técnicas novas.

Saiu isto! É um guarda jóias!

 

14037696_621761914658833_746717332_o.jpg

Vai ficar aqui em casa.

O primeiro trabalho sai sempre com defeito!!

E agora, é continuar, a trabalhar e a aperfeiçoar a técnica!!

Se o universo estiver zangado contigo.....não guardes ressentimentos!!

20.08.16, Joana Marques

- 5 irmãos biológicos e 4 adotados.

- Perderam o pai em pequenos.

- A mãe tinha de trabalhar e os irmãos mais velhos tomavam conta dos mais novos.

- Isaquias Queiroz aos cuidados de uma irmã pouco mais velha do que ele queixou-se de dor de barriga.

- A irmã decide fazer-lhe um chá mas no processo queima Isaquias numa grande parte do corpo.

- O menino passa mais de um mês no hospital.

- A mãe decide levá-lo para casa sendo o médico contra, ter-lhe à dito que em casa morreria. Tinha 3 anos.

- Aos 5 anos foi raptado e recuperado pela mãe.

- Aos 10 anos ao subir a uma árvore para ver uma cobra, cai em cima de uma pedra e sofre uma hemorragia interna muito grave.

- Esteve à beira da morte. Um dos rins fica partido em dois.

- Sem rim, como fica conhecido, recupera.

- O primeiro contacto com a modalidade foi na terra dele.

- Altos e baixos na modalidade.

- Mais altos que baixos, chega aos jogos olímpicos.

 

Tem 22 anos e é um dos melhores a nível mundial no desporto que pratica: canoagem.

 

Nestes jogos olímpicos ganhou 3 medalhas!

Fez história!

Pela primeira vez o mesmo atleta brasileiro conseguiu 3 medalhas nos mesmos jogos...

isaquias.jpgSe o universo se zangar contigo....não guardes ressentimentos, continua como se nada fosse e podes ser um campeão!

 

Um almoço na outra margem...

19.08.16, Joana Marques

Não via a Madalena há mais de um ano.

Falamos muitas vezes, enviamos mensagens quase todos os dias mas olhar olhos nos olhos e falar como antigamente é que é mais difícil.

O tempo, sempre o tempo.

- Segunda?? Podes??

- Segunda vou para Barcelona. E terça?

- Terça, não dá jeito vou com o Tiago à vacina, quarta?? Lá para o fim do dia??

- Quarta nem pensar. Nem sei se chego ao fim do dia, quinta?? arrisco eu.

- Não, vou com o mais velho ao dentista e sexta???

- Pode ser! acho que sim, depois confirmamos.

E lá chegou sexta e lá ficou confirmado e lá nos encontrámos.

Combinámos no Chiado.  Lá estava a Madalena, à hora marcada.

Linda, esta minha amiga, os anos não passam por ela, 36 anos, três filhos e a mesma calma de sempre, o mesmo brilho no olhar!

Então, onde é que vamos??? pergunta ela...

- Sei lá....ah! E se????

- hummmmmmmmm..... o que é que estás a inventar???

- Vem comigo.

Descemos a Rua do Alecrim toda.

O que eu gosto desta rua, por muito que viaje e visite outros locais a luz da Rua do Alecrim é única no mundo. Quando chegámos ao fim, digo-lhe eu:

- e se apanhássemos o cacilheiro e o almoço fosse na outra margem??

- Lá estás tu a inventar....vamos a isso.

Fomos até ao cais, comprámos os bilhetes....

Almoçámos uns choquinhos grelhados que me souberam pela vida....

cacilheiro1.jpg

O meu prédio...

19.08.16, Joana Marques

Vivo em Carcavelos...

Num prédio pequeno....só tem 3 andares...

No rés do chão mora o senhor Ludovino com a mulher, a dona Helena.

Tem 85 anos, ele e 80 ela. Ela está bastante debilitada e já não sai muito de casa.

O senhor Ludovino vai dando os seus passeios mas passa grande parte do dia no patamar do prédio com um rádio a pilhas a ouvir tudo e mais alguma coisa.

Em dias normais é a primeira pessoa que vejo por dia.

Quando saio de casa entre as 6h30 e as 7h já ele está no patamar...

_ Estás atrasada!

Rio-me. Desejo-lhe um bom dia....

Ou então diz-me...

_ Estás bem disposta hoje....diz ele que me ouve cantar no duche!!...calúnias!!!

Respondo-lhe....foi o cão! E arranco-lhe uma gargalhada....

Quando chego...está meio desvairado...é tudo uma ladroagem, Joana. O x roubou o banco. O y devia ser preso. E os incêndios? Ai os jogos olímpicos! Não devíamos ter ido...fazer estas figuras...

Fico a falar com ele um bocado. E quando vou para casa normalmente deixo-o mais animado...

No primeiro andar vive um casal com os seus 70 anos....mais recatados que o senhor Ludovino....nunca me disseram que me ouvem cantar no duche e isso já é um descanso....

O senhor Ludovino tem uma explicação...estão surdos, Joana. É impossível não ouvir...

 

O senhor Manuel e a dona Cândida, têm uma quintinha em Santarém e muitas vezes batem-me à porta para partilharem comigo algumas coisas que a terra dá...

 

Eu, tento também retribuir da forma que posso. Sinto os meus vizinhos como se fossem uma parte da minha família...mas como em todas as família nem sempre tudo é pacifico...

 

Eu moro no segundo andar...no terceiro são as arrecadações...e apaixonei-me por esta casa. Morava numa casa alugada e quando pensei em comprar casa acertei à primeira. A casa é um T2 pequeno com um terraço grande.....

 

Abdicava da casa toda se fosse preciso e ficava só com o terraço....a verdade? acredito piamente que ninguém pode ser infeliz a morar aqui....o cheiro a maresia ao acordar, a calma da zona envolvente...e o acordar à chinelada...dá-me energia extra para aguentar o dia...isso e o café...também ajuda!

home-heart.jpg

 

Do you believe in Magic??

18.08.16, Joana Marques

Muito tempo despendido...mais de um ano...

Muitas cabeças a pensar..........29! ..... e a trabalhar no mesmo objetivo.......

Um passo para a frente, 10 para trás....frustração absoluta..mais de um ano nisto...

Mil e uma reuniões...

...momentos divertidos, às vezes hilariantes.....

...dias que acabavam às 4h da manhã....a assaltar o frigorífico...da empresa...(ok! o cão não sai às pedrinhas da calçada!!)

 

Ontem foi o dia mais importante da minha vida profissional...

Já tive dias importantes, alguns bons, outros maus...

Mas ontem foi o dia! E foi bom...

 

Já andava com borboletas na barriga há mais de 15 dias......antecipava o dia, queria que fosse perfeito....tinha momentos que queria apenas que acontecesse....mas se acontecesse...que fosse perfeito!

 

Nem sou muito de ansiedades, mas o andar de Barcelona a Lisboa, depois Algarve, e voltar a Lisboa e ir outra vez...a falta de tempo....a minha vida pessoal feita num oito...o cansaço acumulado...até uma hiperativa se cansa de vez em quando...

 

O peso da responsabilidade nas costas....se corresse mal a culpa era minha....

 

Sentir-me sozinha muitas vezes...o não ter ninguém com quem desabafar...com quem partilhar o medo....

 

Pensar, perceber onde estava a falhar e a errar...ansiedade é sinónimo de qualquer coisa mal resolvida...redefinir estratégias....

 

Esperar que os planetas voltassem a alinhar.....e alinharam...........correu bem...foi perfeito!

 

Ontem, a minha empresa assinou um contrato importante, negociado por mim e pelos meus....correu tudo bem mas agora sim começa o trabalho árduo, mostrar que somos dignos de confiança...que somos diferentes, que somos melhores...que fazemos magia...

 

O melhor? Vamos ter de contratar mais 5 pessoas e aqui começa a magia...vamos ser 34!!

 

Até parece que estou a anunciar ao mundo que estou grávida de quíntuplos...

 

 

 

 

 

Querido Sapo:

17.08.16, Joana Marques

Espero que este post te encontre bem...a ti e à tua equipa...

 

Iniciei este blog faz amanhã 3 semanas...

 

Comecei o blog por dizer que já tinha tentado umas dez vezes ter um blog e acabava sempre por desistir....se contar bem até acho que foram mais de dez!

 

Alguns deles viram a luz do dia apenas um dia ou dois...um post, dois ou três...

 

A verdade é que este blog pode até não ir muito longe mas três semanas já passaram e eu acostumei-me a vir cá todos os dias...é uma rotina que gosto!

 

Encontrei algumas diferenças em relação aos outros blogs criados por mim:

- acho que a grande diferença é a plataforma escolhida....esta.

 

Sou "cliente" do Sapo desde miúda....ou melhor desde que existe o Sapo, tal como o conhecemos...mas nunca tinha experimentado um blog aqui.

 

Tenho email no sapo (não este do blog) há mais de 15 anos...e às vezes chateio-me um bocado com ele...ou sou eu ou ele ...um de nós é um pouco temperamental!

 

É no Sapo que eu vejo todos os dias as capas dos jornais e é também aqui que vou à procura de informação sobre alguns assuntos...pesquisas faço no google.. ;)

 

Adoro, na página principal, o "radar". Quando desapareceu.... :(

 

O Sapo Blogs é muito intuitivo, fácil de usar...e gosto da comunidade que me rodeia...parece que estou em família...até já arranjei uma sócia!

 

Antes de ter o blog seguia um ou outro blog sapo....aqueles mais conhecidos...

 

Quando cá cheguei apercebi-me que havia os destaques....achei eu na minha cabeça que era publicidade paga...até que um dia acordei e tinha um lembrete a dizer que eu era um destaque....até fui buscar os óculos para ver melhor!

destaque1.jpgComecei a pensar...afinal não deve ser pago...deve ser algo automático....escolhem ao acaso e com a sorte que eu tenho andado no amor........vou mas é jogar no euromilhões...

 

Aconteceu outra vez....

 

Quando cheguei de um almoço ou melhor de uma grande almoçarada com uma cliente..lá tinha eu o lembrete.........

destaque.jpg

Agradeço à equipa do Sapo, obrigada, obrigada!!

 

O estar aqui, mudou um pouco a minha vida....ganhei o hábito de passear por aqui pelo menos duas vezes por dia e encontrei aqui blogs que se tornaram visita obrigatória...vou espreitá-los todos os dias...são para cima de espetaculares!

http://contosdameninamulher.blogs.sapo.pt/

http://joaofarinha.blogs.sapo.pt/

http://tipo-2.blogs.sapo.pt/

http://lumabijoux.blogs.sapo.pt/

http://notadissonante.blogs.sapo.pt/

http://dragaodefumo.blogs.sapo.pt/

http://www.liwl.net/

 

Mas o que mais gosto é disto: ...bonecada é comigo....

 

Até existe um sapinho sportinguista 

 

 

Obrigada!

 

Joana

 

 

 

 

 

Sr. Cão #2

16.08.16, Joana Marques

Frango assado, dona??

Qual frango assado?!

_ &&/$&$/&&&&$$%

 

Ah! agora que falas nisso....foi aquele embrulho que trouxeste e que tinha um cheiro desagradável??

_ &%##%&/& :( $#$#% :(

 

Calma, não sei onde está..

_ #$/%%$&&&$"%/(

 

Pronto, não te zangues comigo...é aquilo que estava na bancada da cozinha?

Fui lá espreitar para ver se via de onde vinha o cheiro...insuportável, não achaste??

_&&/#$&%(/%%$$

 

Calma, dona Joana....que raio de humor é esse???  

hummmmmm...........menopausa ???

_ $$$$$$$$$$%"$$&/&%$%& (respirar fundo!) $#$%$"&%%&&&&$

 

Com mil ananases...pronto!

Eu vi o frango assado...estás mais calma??

_ O que é que fizeste ao frango assado?

 

Nada.

Como te disse, vi-te passar com um embrulho, deixá-lo na bancada da cozinha.

Um cheiro mau invadiu o meu espaço...pensei que fosse gás.

Salvei-te a vida!

_ . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

 

Não dizes nada?

_ Estou a contar até 10000 . . . . . . . . . . . . . . . .1, 2,. . .10000. . . .$%#$%$%$

 

Pronto!

Confesso......eu fui ver o que era...porque queria MUITO brincar com o pescoço do frango...

_ . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

 

 

Primeiro que encontrasse o pescoço vi-me grego.....tive de eliminar tudo o que não era pescoço.....nem sabes a trabalheira que foi....

 

expressao.jpgQuando ele está com esta cara é porque fez asneira...

E sim, comeu o frango assado TODO...só deixou o pescoço...para brincar com ele....