Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

08.05.17

a nossa escolha!

Joana Marques

"Nós pagamos aos médicos para que nos façam sentir melhor.

Quando na verdade deveríamos pagar aos agricultores,

para que nos mantenham saudáveis."

Robyn O'Brien

 

Esta frase chegou-me através do facebook. Quando a li pensei:

- Que grande verdade!

 

Procuramos os melhores médicos para nos tratarem.

Somos capazes de percorrer grandes distâncias para consultar o melhor especialista.

Gastamos fortunas porque na saúde não se poupa.

 

Porque não fazemos isso antes de ficarmos doentes?

É certo que existem doenças que nada têm a ver com o nosso estilo de vida. Poucas.

A maioria das nossas doenças começam quando escolhemos mal.

Quando escolhemos mal os alimentos.

Quando escolhemos mal não fazer exercício.

Quando temos preguiça e não cozinhamos. E por aí fora...

 

Existem médicos e médicos. Existem engenheiros e engenheiros. Existem gestores e gestores. E existem agricultores e agricultores.

Será que olhamos da mesma maneira para um bom médico e para um bom agricultor? Damos o mesmo valor?

Quem não dá, devia.

Porque é das mãos deles que sai parte da nossa saúde.

Em Portugal, existe e existirá, desde que se consuma...produtos de má qualidade.

Com inseticidas, herbicidas e pesticidas. Que contaminam solos e águas.

Em Portugal, vende-se fruta e produtos hortícolas do outro canto do mundo.

E assim será se continuarmos a consumi-los.

Cabe a cada um de nós ser mais consciente. Trocar o mau pelo bom. O longe pelo perto. A fruta que aparece todo o ano pela fruta da época.

 

Em Portugal também existem bons projetos!

E, mais uma vez está nas nossas mãos apoiá-los. E apoiar é comprar.

Não só por ser português. Mas porque é bom! Experimentem...é mesmo espetacular!

Um dos projetos que fiquei a conhecer há pouco tempo chama-se Batata Doce Biológica de Odemira.

 

A sua plantação é feita manualmente e em pequena escala.

É a terra que nos dá e por isso é preciso respeitá-la. Desta forma, a plantação é feita de forma biológica.

Para além disso e muito importante são respeitados o tempos de plantação e a colheita.

A plantação é feita em Abril/Maio e é colhida em Agosto/Setembro.

Como é armazenada à temperatura ambiente, só é comercializada até Abril.

Assim, se respeitam as características e propriedades do produto.

Aqui está um exemplo do que se anda a fazer bem em Portugal. Como estes haverá muitos.

Nós, consumidores temos sempre uma palavra a dizer.

Somos nós que escolhemos.

E se podemos escolher, vamos escolher o melhor.

 

 

Podem acompanhar a vida da nossa batata doce no facebook e instagram. Tem receitas!!

 

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

contador de acesso grátis

Links

Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

As histórias do cão! 🐶

Tricot 🌺

Crochet 🌻

Receitas 🍳🥦🥧

Planear ⌚📅 📊

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eu também acho que o raspanete foi esse mesmo, eh,...

  • Anónimo

    Ai, o que me ri a imaginar a cena..... Realmente ...

  • Charneca em flor

    Oh, que doçura . E a imagem da Alice como senhora ...

  • HM

  • cloudberries

    Muitas Felicidades! Que bom que é voltar a ler est...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D