Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

ainda bem que te abri a porta

01.03.18, Joana Marques

Hoje fizemos os últimos exames.

Teremos todos os resultados para a semana.

O pediatra garante que não é nada. O que temos já dá para saber que não é nada de grave.

- Então e porquê que aconteceu?

Não sabe. Diz ele, que pode ter sido uma fissura que cicatrizou.

Isto porque a Alice todos os dias se levanta e cai. Vezes sem conta. Já dá um ou dois passos agarrada.

Nunca desiste. Por mais que caia e cai muitas vezes. Levanta-se outra vez. E experimenta até mais não...

O pediatra diz que uma destas quedas deve ter corrido menos bem.

Como não é de se queixar. Passou. No momento. E só apareceu na fralda.

 

É claro que eu não estou totalmente convencida.

É claro que até aos 20 anos de idade, vou lhe examinar o xixi com uma lupa.

 

Foi uma semana muito difícil.

Sobretudo para ela.

Uma criança não devia passar por isto.

Quando vê uma pessoa de bata chora. Aconteceu ainda agora no Pingo Doce.

E primeiro que eu, a consiga sentar na cadeirinha do carro....

.....aquele corpo é mais flexível que uma contorcionista chinesa.

Dá luta, muita luta!

É difícil de torcer....e de convencer...

...estou desconfiada que um dia destes vai querer ser um avião e eu não estou preparada....

 

 

Quiosquianos. Meus queridos quiosquianos.

Mais uma vez. Foram espetaculares.

Agradeço. Muito.

Desejo-vos o dobro do que nos desejaram.

 

Agradeço a um quiosquiano chamado José que tem um blog aqui no sapo mas já não publica nada desde a idade média.

- José, a preguiça é um dos 7 pecados mortais. Publica lá alguma coisa!!

 

O José é irmão de um grande amigo do meu irmão e ganha a vida a dissecar cérebros de ratinhos.

Pois. José, eu não sou um rato. mas se dissecasses o meu cérebro neste momento...terias uma surpresa desagradável...

O José, deu-me um contacto de um médico especialista.

Agradeço a dica.

Já marquei a consulta.

Sem a interferência do José. Porque não gosto muito de cunhas. E este é um dos valores que quero passar à Alice.

Em princípio será só para tirar as últimas teimas. Mas ficarei mais descansada.

 

Apareceu inesperadamente na minha vida.

Sem eu estar a fazer conta.

Enquanto, dorme a sesta da tarde.

Olho para ela.

E vejo. A sorte. Que tenho.

 

Da minha casa. Da minha vida. Do meu coração.

Alice.

- Ainda bem que te abri a porta.