Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

Alice. A delatora...

24.08.18, Joana Marques

Ontem.

19h.

O Pedro chegou e foi para o escritório ler uns relatórios.

Não era para trabalhar mas foi convocado à última da hora para fazer uma cirurgia hoje de manhã.

 

Estava a dar o jantar à Alice.

No final deixei-a a comer bocadinhos de pêssego. Sozinha!

Enquanto ultimava o meu jantar e o do Pedro ia falando com ela e ela ia comendo o pêssego.

O cão estava no fresco do terraço. O vapor da cozinha dá-lhe comichão.

Mentira! Estava de barriga cheia. Quase a explodir...

 

De repente lembrei-me que já quase não tinha pão e decidi fazer uso da máquina.

300 ml de água.

Azeite.

Fermento.

Três chávenas de farinha.

Em cima da mesa da cozinha enchi uma chávena e fui até à máquina do pão deixar a farinha.

A miúda sempre atenta.

A querer participar. E a dizer montes de coisas que nem Slimani entende...

Eu a falar com ela também, e a explicar-lhe o que estava a fazer.

Nisto. Enchi uma chávena.

Dirigi-me à máquina e no caminho a pega da chávena partiu.

 

Uma barulheira. Ouviu-se no Qatar!

Farinha por todo lado. Chegou a Marrocos.

Eu fiz o ar mais espantado do mundo. Fui apanhada de surpresa.

Por momentos pensei que a Alice se podia assustar com o barulho e confusão instalada e chorar. Claro que não!

Chorar é para Joanas!

 

Apareceu o Pedro sobressaltado.

A achar que estávamos as duas soterradas.

O Pedro à porta. E a Alice para ele....

....com um dedo apontado para mim...

- Uaaaaaana! Uaaaaana!

 

Bolas! E eu que queria culpar o Vasco...

 

 

 

P.S. O Vasco aspirou a farinha toda....

 

Há dois anos no Quiosque!

Um post destacado pelo Sapo.

Uma história passada no meu prédio!

Tem Senhor Ludovino? Tem!

 

 

Há um ano no Quiosque!

3 passos para uma vida melhor!

Continuo a acreditar nestes 3 passos!

 

 

Instagram

Facebook

handmade life

Bloglovin

 

nas bocas do mundo #37

24.08.18, Joana Marques

37. É a minha idade!

E este "nas bocas do mundo" pertence ao José! 

O José escreveu um post, que gostei de ler, sobre nomes e a sua importância.

Podem ler o post, aqui e deixar a vossa opinião.

 

Como já referi aqui por casa não foi difícil chegar ao nome, Mariana.

Por acaso, dá-me alguma tranquilidade este nome.

Porque é o nome da minha mãe e por isso espero que a minha Mariana seja mais Mariana e quase nada Joana.

Não tenha estaleca para criar uma Joana.

Por enquanto está a ser muito Mariana, porque a Joana deu uma gravidez desgraçada à mãe.

 

Tanto eu como o Pedro temos gostos semelhantes.

O tradicional e o simples impera. Não é preciso ser diferente para ser único.

A nossa Mariana será a nossa Mariana. Para nós a mais especial do mundo.

E sportinguista....

.....porque a Joana não trabalha para a concorrência. 

 

 

Há dois anos no Quiosque!

Um post destacado pelo Sapo.

Uma história passada no meu prédio!

Tem Senhor Ludovino? Tem!

 

 

Há um ano no Quiosque!

3 passos para uma vida melhor!

Continuo a acreditar nestes 3 passos!

 

 

Instagram

Facebook

handmade life

Bloglovin