Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

nas bocas do mundo #39

01.09.18, Joana Marques
O Quiosque continua a ser referido noutros blogs. O que me deixa muito feliz... Neste caso não foi bem o Quiosque. Foram as personagens que fazem parte deste Quiosque. Estivemos no blog da Mimi. Não consigo chamar-lhe Bruxa...sorry! Ainda não me habituei... A Mimi respondeu a um desafio e falou de nós. Aqui de casa... ....do Elias e tudo. Aliás, se abrirem a porta (...)

nas bocas do mundo #38

27.08.18, Joana Marques
Sexta feira. Depois de almoço. Fiz uma visita ao blog e tinha uma notificação do blog do David. Fui espreitar. Agora sim. Posso dizer. Com mil Slimanis...   Nunca pensei quando criei o blog chegar a tanta gente. Se um blogger de sucesso ler a frase anterior vai chorar a rir mas eu tinha expectativas muito baixas. Ainda fico admirada de alguém perder tempo precioso a ler o blog. Histórias banais. Histórias do dia a dia. Histórias da minha vida e da minha família. A minha história (...)

nas bocas do mundo #37

24.08.18, Joana Marques
37. É a minha idade! E este "nas bocas do mundo" pertence ao José!  O José escreveu um post, que gostei de ler, sobre nomes e a sua importância. Podem ler o post, aqui e deixar a vossa opinião.   Como já referi aqui por casa não foi difícil chegar ao nome, Mariana. Por acaso, dá-me alguma tranquilidade este nome. Porque é o nome da minha mãe e por isso espero que a minha Mariana seja (...)

nas bocas do mundo ...#36

29.07.18, Joana Marques
36! Este número que por acaso gosto. Não sei porquê. Parvoíces.... Pertence à Happy! Presenteou-nos a todos nós que lemos o blog, com um post sobre tricot. E com um trabalho lindíssimo que está a fazer.   Não te esqueças de nos dizer qual é o fio. Não tenho esse, tenho a certeza. No meio dos 1245322 novelos que tenho aqui em casa. Não tenho esse. E começo a achar que me faz (...)

nas bocas do mundo ...#34

13.07.18, Joana Marques
Tantas vezes olho para o Quiosque e me pergunto porque raio é que escrevo. No dia seguinte olho outra vez e volto a fazer a mesma pergunta. Porque é que continuo? Porque é que insisto? O tempo é cada vez mais limitado mas encontro sempre um espaço na agenda para cá vir. A resposta tem a ver com quem por cá passa. Se este blog não servir para mais nada. E não serve mesmo.... Serviu para me dar a conhecer pessoas maravilhosas que de outra forma não tinha conhecido. Até (...)

nas bocas do mundo ...#33

30.06.18, Joana Marques
Faz hoje 15 dias. Por esta hora. No Alentejo. Uma das casas era autentico rebuliço. A minha! Nunca vi tantos nervos à flor da pele. Exceto eu, claro! Tenho nervos de aço. E achei que no dia do meu casamento devia estar calma, relaxada e aproveitar todos os momentos. Nunca tinha presenciado tanta proibição junta. - Não comas! - Não fales! - Não mexas no cabelo. - Não chores! - Não pegues na Alice ao colo. - Não te mexas para não sujar o vestido...   O meu único receio, mesmo (...)

nas bocas do mundo....#32

27.06.18, Joana Marques
Já está tão atrasado. Tão, tão atrasado... Daqui a pouco faço as bodas de ouro e ainda não escrevi o post!   Desculpa, José, uma pessoa é recém casada e passa muitas horas a olhar para o homem.... ....tipo cão! Olhos de cão. Babada....e contemplativa...   Obrigada, José pela lembrança. Pedro, Joana, Alice e Vasco desejam-te o dobro a ti! Aqui está o post!

nas bocas do mundo ...#31

10.06.18, Joana Marques
Fui surpreendida por este post. Eu, o Pedro, a Alice e o Vasco...iguais. Devíamos arranjar um topo de bolo assim.... Obrigada, Mimi...   Agradeço a todos os que por aqui têm passado e deixado comentários. Está tudo a correr bem.   A Alice está numa fase maravilhosa. A minha filha é a melhor do mundo. Diz esta mãe babada... Adaptou-se muito bem à nova casa. (...)

nas bocas do mundo...#29

10.05.18, Joana Marques
Ser a terceira filha. Pode ser frustrante. Tendo eu menos 5 anos que o meu irmão e menos 10 que a minha irmã. Pior. Já percebia tudo. Ou achava que sim. Mas ainda não sabia ler. Os meus irmão, sabiam. Claro. Tinham montes de livros. Recebiam dinheiro para comprar livros. E eu invejava-os muito. Invejava-os porque já sabiam ler. Invejava-os porque recebiam dinheiro. Eu só pensava... ...quando for a minha vez. Pego no dinheiro e compro tudo em pastilhas. Arriscava-me a ser descoberta (...)

nas bocas do mundo...#27

04.05.18, Joana Marques
É um "nas bocas do mundo especial". Para além de ter saído do seu espaço. O Quiosque escreveu num outro espaço. Começa assim....   A vida não é como os computadores. Devia ser. Não, tal e qual. Mas um bocadinho. Devia permitir um ensaio. Um regresso, ao minuto anterior. Dava jeito. Às vezes, dava jeito. Poder retirar aquela palavra. Daquela conversa. Voltar atrás. E poder não enviar aquela mensagem. Ou simplesmente. Poder voltar atrás. Numa ou noutra atitude. Tive (...)