Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

pequeno almoço. Fácil. Rápido. E bom...

07.05.18, Joana Marques
O pequeno almoço não deve ser uma refeição complicada. Por pensar assim, passei uma grande parte da minha vida. Mais de 20 anos a comer muito mal. Não só ao pequeno almoço mas sobretudo ao pequeno almoço.   Neste momento já sou mais criteriosa. E cereais de compra, por exemplo estão completamente fora de questão. Até a granola que eu adorava. E que só comprava quando o rei fazia anos porque achava cara, deixei de comprar porque...lendo bem o rótulo. Está cheia de açúcar. (...)

o pão de ló da avó Adélia

24.04.18, Joana Marques
Das melhores recordações que tenho de infância. Tirando, as férias passadas no Alentejo. São, as festas de aniversário. As minhas. As dos meus irmãos. E as dos meus primos. Entram diretamente para o meu top de momentos preferidos.   Na altura não havia aqueles pavilhões com insufláveis, onde depositam as crianças. E empresas que organizam tudo desde o bolo até aos palhaços. As mães preparavam tudo. Nós faziamos o resto. E animação não faltava. Dez meses antes de (...)

bolo de iogurte. Sem glúten

17.04.18, Joana Marques
O bolo de iogurte faz parte do meu imaginário de miúda. Cresci a comer bolo de iogurte. Em minha casa. Em casa dos meus avós. Quando mudei a minha alimentação pela primeira vez. Cortei nos bolos. Ó vida triste!   Entretanto. No ano passado. Deu-se a revolução na minha alimentação. E como a alimentação rege a vida. Deu-se também a revolução na minha vida. Só que.... ...o (...)

no name. Bolachas.

11.04.18, Joana Marques
Ainda não têm nome. Espero que seja por uma questão de horas. Ou dias, na pior das hipóteses. O facto de terem algo em comum com o nome da claque do clube cujo o nome não deve ser pronunciado. Deixa-me à beira de um ataque de pânico.   Estas bolachas. São diferentes das bolachas normais. Daquelas que nós compramos nos supermercados. Estas saciam. Muito. Alimentam. Comemos uma bolacha e sentimos o estômago confortado. Não precisamos de comer mais. Só que... ...são muito (...)

não tenho. Mas se tivesse...

13.02.18, Joana Marques
Não tenho namorado. Mas se tivesse fazia-lhe este bolo. E se ele não gostasse, mandava-o ir dar uma volta. Porque este bolo. É.....indescritível. Não é um bolo para todos os dias. Até porque dá trabalho a fazer. É um bolo para ocasiões especiais. Como o dia dos namorados. Com a vantagem de poder ser feito antecipadamente.   Leva poucos ingredientes. E pode ser feito do tamanho que nos der jeito. Eu faço-o só com duas camadas. Mas podem fazer um arranha céus...   O bolo é (...)

a sobremesa de hoje...

04.02.18, Joana Marques
O que mais gosto na minha vida é a minha família. Grande. Enorme. Para além, dos dois irmãos e seis sobrinhos. Tenho muitos tios e tias. Primos já perdi a conta.... Estão espalhados por todo o país e também pelo mundo. É bom saber que para onde for é provável ter uma casa à minha espera.   Domingo. É dia de almoço familiar. Em casa da minha irmã ou dos meus pais. Estou ansiosa para ter a minha casa pronta. Para poder fazer o almoço de domingo em minha casa. Estou ainda (...)

rituais..

03.02.18, Joana Marques
Quinta feira. Numa tigela junto uma saqueta de fermento, 200 g de farinha de trigo biológico integral e água morna. Deixo fermentar durante 24 horas.   Sexta feira. Junto 250 g de farinha de trigo biológico e integral, 50 g de farinha de coco, o fermentado da quinta feira. Vou acrescentando água morna. Amasso como nunca amassei nada na vida. Sovo a massa como se me quisesse vingar de alguém. Ponho a massa a descansar durante uma hora. Depois dessa hora. Volto a amassar. E a sovar. E (...)

bolo de laranja

14.01.18, Joana Marques
Queria conseguir fazer um bolo. Daqueles bolos que se fazem numa forma. Daqueles bolos que oferecemos a alguém quando vamos almoçar lá a casa. Queria que o bolo não tivesse glúten. E fosse minimamente saudável. E que fosse bom. Muito bom. Daqueles bolos que comemos uma fatia e temos de comer outra logo a seguir. Para além disso, queria um bolo que no dia seguinte ainda fosse bom.   Juntei farinhas mais farinhas. Ovos. Fruta. E frutos secos. E o caneco. E mais o diabo. Fiz testes (...)

sopa da semana

04.01.18, Joana Marques
A vinda da Alice mudou tudo. Tudo. Tudo. Tenho a sorte de ter os meus pais a ajudarem. Se estivesse nisto sozinha nem sei como seria. O tempo. A falta dele. É o busílis da questão. Antes da Alice era super organizada. Tinha tempo de cozinhar e fazer o que me desse na cabeça. Complicado ou simples. Era só escolher. Esta última semana percebi que as coisas mudaram mesmo.   Descurar a minha alimentação está completamente fora de questão. É entrar num ciclo vicioso. Má (...)

em Quiosquiano. Com tradução!

22.12.17, Joana Marques
 Quiosquianos! A Joana e o Vasco desejam a todos os que passam por este Quiosque Um Natal cheio de Amor!     Receita dos Quiosquianos 130 g de manteiga (usei ghee) 100 g de açúcar de coco (podem pôr mais ou menos conforme a preferência) 2 ovos 150 g de farinha de coco Meia colher de chá de goma xantana (opcional) As especiarias que mais gostarem (usei canela e noz moscada) Sal (se acharem que precisa) Uma colher de chá de fermento em pó. Juntar tudo. Mexer muito bem. Com as mãos. Este (...)

croquelines

10.12.17, Joana Marques
Quando deixei de comer glúten comecei por experimentar fazer um pão que levava polvilho doce. Por inabilidade minha. Nunca ficou como eu gostava. Vi muitas fotografias desse pão espetaculares. O meu comia-se mas não era assim nada de jeito.   Depois quando criei a minha própria receita. Não coloquei polvilho doce. O mais trágico é que tinha a casa cheia de polvilho. Na altura (...)

derrete-se na boca. E também nas mãos...

27.10.17, Joana Marques
Tenho escolhido chocolate com mais de 80% de cacau. De preferência acima dos 90%. A minha escolha tem recaído para esta marca. Penso que também se vende em Portugal.     Precisava de ter chocolate à altura. Dos meus gostos e necessidades. Apetecia-me algo mais do que o chocolate propriamente dito. Tornou-se pobre. A partir de um certo ponto. E os que são mais ricos....têm açúcar, ou leite. Ou algum (...)

espelho meu, espelho meu....

21.10.17, Joana Marques
Tenho andado a 1000. Muito trabalho. Muito, muito trabalho. Sem tempo para nada. Hoje fui trabalhar. Porque tudo o que tenho para fazer é muito. E as coisas não aparecem feitas sozinhas. O tempo está entre: - Não sei se deprimo. - Não sei se corto os pulsos. O Vasco. Foi para o trabalho comigo. E esteve o dia todo com humor de cão. Eu percebo. Trabalhar ao sábado é mesmo chato....   Cheguei a casa. Cansada. Com fome. Entre deprimir. E cortar os pulsos. Preferi algo mais produtivo. (...)