Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

a devolução

17.01.19, Joana Marques

9 de janeiro de 2014

quinta-feira

 

Estava doente. Aquela dorzinha na garganta. Aquele mau estar geral.

Aquela febre que não era muita mas não passava e atormentava.

O meu pai disse-me para ir ao médico.

A minha mãe disse-me para ir ao médico.

Os meus irmãos disseram-me para ir ao médico.

O meu namorado da altura era médico. E disse-me para ir ao médico. 

Como era asmática, ainda sou, achou que não devia brincar com a situação.

Fui ao médico? Claro que não!

 

10 de janeiro de 2014

sexta-feira

Continuava doente. 

Mas...

...o fim de semana estava à porta. O meu namorado ia trabalhar no dia seguinte.

E eu queria ir a Paris. Aos saldos. 

O meu pai disse-me para não ir.

A minha mãe disse-me para não ir.

O meu namorado disse-me para não ir.

Eu fui. 

 

11 de janeiro de 2014

sábado

 

Estava doente. Mas diverti-me à brava...

..fiquei em casa de uma amiga minha. E palmilhámos Paris. Como Paris merece.

O Sporting empatou com o Estoril. Tirou um pouco o brilho à minha alegria mas...

...Paris é Paris!

 

12 de Janeiro de 2014.

Domingo

 

Estava doente.

O corpo gritava por repouso. A febre rondava os 39. 

Nada que um antipirético não resolvesse.

Voltei de Paris.

Os meus pais voltaram a dizer-me que devia ir ao médico.

O meu namorado.

Os meus irmãos. Os meus amigos.

- Ah! E tal...amanhã logo vejo como estou mas tenho mesmo de ir trabalhar de manhã!

 

13 de Janeiro de 2014

segunda-feira

 

- Estão a ver que eu tinha razão? Médico para quê! Estou ótima.

Disse eu em alto e bom som! Para toda a gente ouvir.

 

17 de Janeiro de 2014

sexta-feira

 

Estava muito doente.

A minha febre subiu até aos 40º. E não baixava por nada deste mundo.

Mal conseguia estar em pé.

Fui ao hospital.

Pneumonia. Bilateral.

 

Uma reação alérgica grave a um medicamento fez-me parar o coração.

Faz hoje 5 anos que morri.

Faz hoje 5 anos que acordei. E sobrevivi.

Quando abri os olhos. Entubada e sem poder falar. Vi os meus pais a chorar.

Nunca tinha visto o meu pai a chorar....

...confusa. Sem saber onde estava. Pensei para mim...

- Alguém morreu.

Mais tarde percebi quem tinha morrido. Eu.

 

Na minha família dizem que fui devolvida.

Por defeito. Digo eu.

Faz hoje 5 anos. Que nasci outra vez.

 

Já leram a entrevista que dei ao blog

"nas nuvens de um terceiro andar" ?

 

No quiosque há dois anos

Um churrasco....

 

No quiosque há um ano

ah! ah! Coitado do Vasco!

 

Já seguem o Quiosque?

Instagram

Facebook

handmade life

Bloglovin

 

 

9 comentários

  • Imagem de perfil

    Joana Marques

    18.01.19

    Antes deste episódio já tinha algum cuidado com a alimentação porque sempre fui asmática e percebi que não tinha tantas crises se eliminasse alguns alimentos. Depois deste episódio passei ainda a ter mais cuidado.
    Com o Pedro na minha vida...estes cuidados redobrados, porque o homem é mais ou menos como eu...às vezes mais rigososo que eu.
  • Imagem de perfil

    Bruxa Mimi

    18.01.19

    Mas o Pedro, antes, não se alimentava tão bem quanto isso, pois não? Foi a ideia com que fiquei...
  • Imagem de perfil

    Joana Marques

    18.01.19

    Tens a ideia certa. Antes de me conhecer comia quase sempre fora...muita fast food. No hospital alimentava-se a sandes mistas. E em casa (menos mau) porque trazia comida da casa da minha sogra. Bebia toneladas de leite, comia muitas pipocas e batatas fritas de pacote....
    ...entretanto mudou. Tiro-lhe o chapéu porque mudou 100% a alimentação e de um momento para o outro (eu demorei muito mais tempo quando fiz a minha reeducação alimentar) e percebeu que se sente muito melhor com estas esolhas...neste momento está muito mais radical do que eu. Por mim uma vez por semana jantava ou almoçava fora...mas não, cada vez que eu sugiro...o homem atira-me um olhar daqueles!
  • Imagem de perfil

    Bruxa Mimi

    18.01.19

    És boa professora... boa demais, pelos vistos!
  • Imagem de perfil

    Joana Marques

    18.01.19

    acho que não tem bem a ver com isso...o clique aconteceu por minha causa mas depois foi decisão dele....
    ...acho que foi porque se sentiu melhor. Mais energia, sono de melhor qualidade, emagreceu uns quilitos que o chateavam, o eczema que tinha desde sempre desapareceu....quando trabalhava 16 horas seguidas ou as 24h tinha dores nas pernas...desapareceram...as dores..
    ....começou a estudar o assunto, começou a ler...e acabou por nos arranjar cá para casa uma ementa saudável que temos seguido...
  • Imagem de perfil

    Bruxa Mimi

    18.01.19

    Isso é fantástico, mesmo! Vocês são "a match made in Heaven", dá gosto acompanhar a vossa história. Eu deveria fazer essa mudança alimentar também, e levar a família atrás, mas precisaria que o meu Rogério fosse parceiro na mudança e ele é um bocadinho fechado à mudança... E eu sozinha nem tento - até porque cozinhar está longe de ser a minha especialidade ou algo que eu faça com gosto (já fui mais avessa à cozinha, mas ainda sou novata na área)...
  • Sem imagem de perfil

    Pedro Rebelo

    18.01.19

    Conhecer a Joana salvou-me de várias formas!
    A alimentação foi uma delas.
  • Imagem de perfil

    Corvo

    19.01.19

    E a homenagem pública a uma grande Mulher, que é a dele; espelha a verdade do carácter e sentimentos de um grande Homem.
    Que Deus os proteja e vos conceda felicidade eterna.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.