Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

a vida. E o seu avesso..

15.04.18, Joana Marques

Um domingo perfeito.

E à noite.

A vida virou-se. Pelo avesso.

Todas as certezas desaparecem. Todos os planos.

Nos dias que se seguiram. Todos os caminhos indicavam o mesmo.

 

- Marca uma consulta com o Doutor Pedro.

- É o melhor mas não é muito simpático.

- Vai com calma e tem paciência. É um bocado frio. Mas é um bom médico.

- Se a Alice tiver alguma coisa de certeza que encontra. E vai-te orientar.

 

Foi pela pior das razões que o conheci.

Logo que entrei no consultório e olhei para a pessoa à minha frente senti qualquer coisa.

Não me foi de todo indiferente. Mas longe de pensar que podia dar no que deu.

Saí de lá aliviada. Pela Alice.

E achei que era só isto.

Quantas vezes na vida conhecemos pessoas que gostamos e que nunca mais vemos.

Tive sorte.

Também não lhe fui indiferente. Ao contrário de mim não se acobardou. E ligou-me.

Só aceitei almoçar com ele porque não me tinha sido indiferente.

Porque confiei. É mais fácil para a humanidade dar passos na lua do que eu confiar. Amorosamente, falando.

Pode parecer que não.

No fundo, no fundo sou um bicho do mato. É muito raro aceitar convites.

Mesmo simpatizando com a pessoa ou gostando, se pairar alguma coisa menos clara...não aceito.

Não sei o que aconteceu aqui. Não consigo explicar.

Desde o primeiro momento, confiei.

 

Os rumores de que iria ter à minha frente um homem de cara fechada. Antipático. E frio. Não se confirmaram.

A melhor palavra. É dizer que foi familiar.

É difícil de descrever em palavras. Porque vai muito para além disso.

Todos os meus receios se foram.

O meu medo de compromisso. Morreu.

 

E de repente. 

A vida virou-se. Mostrou-me o avesso.

O avesso.  Não era o avesso.

Afinal.

Era o lado certo.

 

Faz hoje um mês que conheci o lado certo da vida.

 

 

26 comentários

Comentar post

Pág. 1/2