Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

bolo de iogurte. Sem glúten

17.04.18, Joana Marques

O bolo de iogurte faz parte do meu imaginário de miúda.

Cresci a comer bolo de iogurte. Em minha casa. Em casa dos meus avós.

Quando mudei a minha alimentação pela primeira vez. Cortei nos bolos. Ó vida triste!

 

Entretanto. No ano passado. Deu-se a revolução na minha alimentação.

E como a alimentação rege a vida. Deu-se também a revolução na minha vida.

Só que....

...o bolo de iogurte da minha infância tem glúten. Logo....

Comecei a magicar um substituto.

Põe ingrediente.

Tira ingrediente.

Mistura tudo. Claras em castelo? Ou não?

Enfim...

Consegui chegar a um bolo que gostei. Bastante.

 

Quando me encontrei com o Pedro, neste dia.

Depois de um bacalhau intragável comido em Estremoz.

Toca de atacar o bolo de iogurte.

Qual não foi o meu espanto, quando me disse:

- É alguma especialidade alentejana?

-Não. É bolo de iogurte.

- Não é nada como o da minha mãe....

Pois, o bolo de iogurte que a mãe do Pedro faz, deve ser o tradicional.

Que eu comi às toneladas quando era miúda.

 

Quando fui a casa dos pais do Pedro.

Ao almoço. Diz o Pedro.

- Ó mãe pede a receita do bolo de iogurte à Joana. É melhor que o teu...

Quase enfartei.

Quando saímos lá de casa. Tive de lhe dizer...

- Olha lá. Que raio de coisa para se dizer! Queres que a tua mãe me rogue pragas???

O homem riu-se. E não disse nada...

 

E não. O bolo..

....não é nenhuma especialidade alentejana. Não esperem um doce conventual..

É bom. Pelo menos eu gosto bastante. Até gosto mais do que o tradicional.

Mas...é um bolo de iogurte. Só isso.

Um bolo para o dia a dia.

 

 

Ingredientes:

um iogurte.

Tenho usado estes. Não experimentei o bolo com outros iogurtes.

4 (45).JPG5 ovos.

Uma colher de chá de fermento.

Duas colheres de sopa de óleo de coco liquido.

 

Usar o frasquinho do iogurte como medida:

Um frasquinho de farinha de amêndoa.

Dois frasquinhos de farinha de aveia.

Um frasquinho de açúcar de coco

(ajustem a quantidade de açúcar ao vosso paladar, para mim este é suficiente)

 

Bater as claras em castelo. Reservar.

Juntar os secos. Misturar bem.

Bater as gemas.

Acrescentar o iogurte, continuar a bater.

Juntar o óleo de coco, continuar a bater.

Juntar a mistura de secos, continuar a bater.

Arrumar a batedeira.

Incorporar delicadamente as claras em castelo ao preparado anterior.

Untar uma forma. E colocar no forno.

Forno médio. 30 minutos.

Desenformar quando estiver frio.

Gosto de o barrar com chocolate derretido (usei Vivani 92% cacau). Só para ficar com outro ar...

4 (29) (1).JPG

Se experimentarem. Não se esqueçam de partilhar....

No handmade life.

No meu facebook.

No meu instagram.

 

8 comentários

Comentar post