Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

continua.....

...no blog Sapos do Ano

01.11.19, Joana Marques

Estava eu convencida da vida que só voltava cá dia 30 de Novembro. 

Mas não! 

Fui ultrapassada pelos acontecimentos.

Não é que este pequeno Quiosque está nomeado para o Sapos do Ano, na categoria família.

O David e a Magda pediram-me para escrever um texto para publicar lá e eu só porque sim vou publicar uma parte. O resto têm de ler lá...

...um dia destes.

 

 

Caramelos!

Daqueles de nata, cremosos. BONS!

 

Lisboa.

Campo de Ourique.

Anos 80. Século passado.

 

Vivíamos num segundo andar. Numa das ruas principais do bairro.

Dois prédios abaixo do nosso prédio estava a mercearia do Senhor Zé.

Zé Maria. Vendia tudo e mais alguma coisa. Incluindo rebuçados de fruta.

 E caramelos.

Daqueles de nata, cremosos.

BONS!

Que ficavam presos no último dente da boca, aquele mesmo lá ao fundo onde a língua não chega.

 

A minha mãe fazia lá as compras e quando eu ia com ela o Senhor Zé Maria abria um frasco grande de vidro, tirava a tampa e dava-me rebuçados.

 Eu.

Escrutinava cada um deles.

A minha mãe olhava para mim com olhos furiosos. Sabia o que ia sair dali. E tinha medo do que ia sair dali.

Depois de examinar cada um dos rebuçados. Abria a boca.

A minha mãe ameaçava espancar-me com o olhar mas eu não queria saber.

- Ó Senhor Zé Maria podia trocar este rebuçado de laranja por um de limão e este de pêssego por um de cereja ou de morango? Pode também acrescentar um caramelo??

Confirmavam-se os piores receios da minha mãe.

Já me tinha avisado. Falado. Conversado. Ameaçado.

- Quando nos dão alguma coisa, MESMO que não gostemos, aceitamos e dizemos obrigada!

Eu até percebia esta parte. Mas não ia ficar com os rebuçados de laranja que eram demasiado enjoativos e os de pêssego? Nem pensar. Não tinha feito mal a ninguém…

                                                                                                              .....continua no blog Sapos do Ano!

 

 

Ah! Eu não sei quando vai ser publicada.

Só o David e a Magda podem responder...

29 comentários

Comentar post

Pág. 2/2