Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

21.02.18

desculpa lá, Abel!

Joana Marques

Hoje.

Fui almoçar com umas amigas minhas a Belém. A Ana e a Cátia.

Num restaurante simpático. Com vista para o rio.

Entrei no restaurante.

- Joana!

Imediatamente pensei que era uma delas a chamar-me. Para logo a seguir perceber que não.

A voz era demasiado grossa para ser de uma delas. Era um homem.

Olhei.

Estava todo sorridente. A levantar-se da cadeira. Para me cumprimentar.

Pensei: deve conhecer-me. Mesmo. Ou não se dava ao trabalho.

Quando chegou ao pé de mim.

Deu-me um abraço. Daqueles abraços. Vigorosos. Que quase fazem estalar os ossos.

Pensei. Conhece-me. E gosta de mim. Ou não se dava ao trabalho.

- Há quanto tempo! Joana! Estás igualzinha...

E eu. Ali. Especada. Só me saiu...

- Há mesmo muito tempo...

- Sim, nem sei. 10 anos?

- Diria que foi há uma eternidade!

O rapaz. Ri-se. E sem que eu conseguisse fazer nada abraça-me outra vez.

- Conta coisas! Sei que mudaste. Como é que te estás a dar com os ingleses?

- Bem. Está a correr tudo bem. E tu?

Bem olhava para ele. Ouvia a voz. E nada. Não conseguia lembrar-me de onde o conhecia...

- Estou na mesma. Vai tudo andando.

Bela resposta. Sim senhor.

- Estou na mesma.

É capaz de me dar alguma pista....

Ficámos ali num impasse. E eu achei que devia dizer alguma coisa.

- Então e.......quando é que vais de férias?

- Só no verão. Este ano, eu e a minha mulher queremos ir passar uma semana a casa da minha tia Beta. Remodelou a casa lá da terra e está farta de nos convidar.

Fiz que sim com a cabeça. Como se conhecesse a tia Beta desde os tempos da primária.

Na minha cabeça continuavam a surgir nomes de pessoas...mas ninguém encaixava na pessoa.

Continuámos a falar. Sobre nada.

- Como é que estão os teus pais?

- Bem. E os teus?

- Muito bem. Ainda não voltaram, estão por cá. Por causa de nós e dos netos.

Ainda não voltaram?? Que raio...para onde é que ele queriam voltar?

Por causa de nós? Quem são os "nós"?? E os netos...caneco. Como é que eu saio desta gaita de conversa...

Ainda pensei em perguntar pelos filhos. Dele. Mas antes que corresse mal. Calei-me.

- Ainda moras em Carcavelos?

- Neste momento estou a morar em Cascais em casa do meu irmão que está na Noruega. A minha casa está em obras. E tu, onde é que moras??

- No mesmo sítio!

Claro que moras no mesmo sítio...e dar uma informação relevante??? Está difícil, não está???

Apanhei um camadão de nervos. Se no início parecia mal perguntar quem ele era. Com o decorrer da conversa ainda pior.

 

Entretanto, os dois acompanhantes da personagem levantaram-se.

- Vens ou ficas? Disse-lhe um deles.

- Tenho de ir. Bebo café depois.

Nisto. Abraça-me outra vez. Fui espremida pela terceira vez.

Nitidamente, a personagem estava mesmo feliz por me ver.

 

Arranjei mesa. Esperei pela Ana e pela Cátia.

O almoço decorreu.

Voltei a casa dos meus pais para ir buscar a Alice.

O Vasco armou-se em fresco hoje e quis ficar em casa.

 

Quando estava a chegar a casa. O meu telemóvel tocou.

Era um ex colega meu, o Diogo. Mais conhecido por homem queque.

- Já sei que estiveste com o Abel.

- O Abel? Não, não estive com o Abel.

O Abel foi meu colega durante 10 anos. E não o via desde a altura em que deixou a minha ex empresa.

- Estás parva? Acabei de falar com ele. Diz que te encontrou em Belém.

- Aaaaaahhhhhh......Se calhar estive mesmo com Abel...

 

Ia enfartando. O Abel. O que eu gosto do Abel. E dizer que estive durante 15 minutos a tentar conversar com ele sobre nada. Que desperdício de tempo.

O Abel é açoriano. E numa visita aos Açores. Numa viagem de carro. Dizia-me a mim e a uma outra colega.

- Devagarinho. Devagarinho. Não tenham medo. São só vacas...

Esta expressão é usada por muitos de nós que trabalhámos com o Abel...

O Abel....

 

- Não me digas que não percebeste que era o Abel??? Atira o Diogo.

- Tens o número dele?? Preciso de me desculpar....

 

Desculpa lá, Abel!

A minha cabeça já não é o que era.

O mundo mudou. Para mim.

Tenho uma filha que é cúmplice de um cão.

Tenho um cão que ainda hoje me fez uma espera no banho e eu quase morri com o susto. (não sei se estão interessados na história?)

Tenho trabalho até à lua.

Uma perna atrasada mental.

Tenho um novo bichinho aqui em casa, a Julieta. (não sei se estão interessados na história?)

E isto tudo podia servir de desculpa....

É tudo isto e algo mais...

 

....Abel.

Ó Abel....engordaste mais de 40 kg...

 

 

26 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

contador de acesso grátis

Links

Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

As histórias do cão! 🐶

Tricot 🌺

Crochet 🌻

Receitas 🍳🥦🥧

Planear ⌚📅 📊

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eu também acho que o raspanete foi esse mesmo, eh,...

  • Anónimo

    Ai, o que me ri a imaginar a cena..... Realmente ...

  • Charneca em flor

    Oh, que doçura . E a imagem da Alice como senhora ...

  • HM

  • cloudberries

    Muitas Felicidades! Que bom que é voltar a ler est...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D