Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

21.08.18

e o cão também....

Joana Marques

Aprendeu a dizer o meu nome.

Não diz corretamente, Joana.

Diz UUUUUUanaaa.

Um dia destes estava com o pai. Eu estava a tomar banho.

O Vasco vagueava entre eles.

Desata a chamar-me...

- Mamã, mamã, mamã....

- Já vou, Alice....

A miúda gosta de nos ter aos três.

Quando um de nós falta, só descansa quando nos encontra.

- Mamaaaaaaaaaaaaã.

O Pedro diz-lhe.

- Ela já vem. Queres brincar com o Vasco?

Mas uma mulher não fica convencida com tão pouco e passados uns segundos...

- UUUUUUUUUUUUanaaaaaaaa! UUUUUUUUUanaaaaaaaaaaa!

Chorei a rir.

Quando apareci, riu-se. Foi à vida dela. Foi brincar com o Vasco.

 

O tempo passa a correr. E a Alice vai mostrando e moldando, cada vez mais, a sua personalidade.

É muito persistente e sabe sempre o que quer.

Não é muito influenciável. Não troca mirtilos por laranjas, por exemplo.

Cresceu de repente. Está muito grande.

De um momento para o outro, a roupa que tinha no armário dela deixou de servir.

As mangas compridas parecem meia manga. E das calças posso fazer calções...

Pesa 13 kg. E pegar-lhe ao colo já me custa....

Olho para as fotos do início do ano e não acredito que é a mesma.

Era uma bebé. Com um cabelo fininho e lisinho. Um remoinho à frente.

Hoje. Tem um cabelão ondulado. E claro, o remoinho.

Tem uns olhos lindos. Muito expressivos.

A minha filha tem o melhor sorriso do mundo. É tão doce esta Alice! Muito meiga...

 

  

Estou a aprender a dar-lhe espaço.

Espaço, sim! Mas vigiado...

1000 olhos são poucos.

Gosta de correr. Tocar em tudo. Ver tudo. Pesquisar....

Parece uma mini cientista. Nada lhe escapa. Sempre muito atenta.

Consegue ver pormenores que me escapam à primeira, à segunda e à terceira.

É capaz de passar uma tarde a investigar uma vassoura. 

É muito arrumadinha.

É engraçado ver como trata as bonecas.

Leva-as a passear no carrinho das bonecas mas sempre arrumadinhas. Às vezes passeia a Minnie. Arruma-a entre as duas bonecas.

A minha mãe deu-lhe uma malinha e não sai de casa sem ela.

Parece uma senhorinha de palmo e meio.

A minha sogra deu-lhe uma toalha de praia com a Minnie.

No meio da sala tenho agora, um novo tapete, a Minnie a olhar para nós todos os dias. 

O cão adora deitar-se lá. E se ele enrola a toalha. Lá vai a Alice compor a Minnie.

 

Continua rija. E é raro chorar. Quando chora é porque se passa alguma coisa de grave.

Um dia destes quando estava a dar-lhe banho vi que tinha um pico no dedo.

Ainda tentei tirar-lho mas não consegui.

Depois do banho dado. Alice seca. E vestidinha.

Chamei o Pedro.

O Pedro tirou-lhe o pico. A Alice não chorou.

Saiu a correr da casa de banho para me mostrar o penso que tinha no dedo.

Há uns tempos comprei na Tiger uns pensos muito giros com bonecos.

O penso que a Alice tinha no dedo estava cheio de peixinhos.

Quando foi para a cama o Pedro tirou-lhe o penso do dedo.

Desde esse dia que nos mostra os dedos das mãos. E aponta para ferimentos imaginários...

Não tem nada. Parece aqueles jogadores que caiem de propósito para ganhar um penálti.

Ela só quer ganhar um penso novo...

 

Já tinha estado uma ou outra vez com a minha sobrinha Margarida. Nunca muito tempo.

A Margarida vai fazer um ano em Setembro.

Ainda não anda. Só encostada e cai muito.

Falo-lhe muitas vezes da Margarida.

Ela escolherá as amizades dela mas tenho alguma esperança que sejam boas amigas.

São primas. Moram próximo. Têm a mesma idade.

Daqui a dois anos já podem entrar em Alvalade.

O cenário idílico na minha cabeça está lançado.

Nas férias fomos ao Algarve e eu enchi-lhe a cabeça de Margarida.

É claro que não deve ter percebido nada. Mas não custa tentar.

Chegámos pelas 11 horas. A Margarida estava na piscina dos pequenos.

Vesti o fato de banho (cor de rosa) à Alice e levei-a até à piscina.

- Olha ali a prima!

A Margarida estava sentada na parede da piscina. Tinha um fato de banho azul com a Minnie).

Soltei a Alice na piscina. E a Alice pegou na Margarida e deu-lhe um beijo.

A Margarida ficou surpreendida. Provavelmente nunca lhe tinha acontecido ter sido beijada daquela forma por uma desconhecida.

A Alice tinha dois totós. E começou a apontar, com uma cara horrorizada para o cabelo da Margarida. 

O drama, o horror e a tragédia. A Margarida não tinha penteado algum.

Fiz-lhe um totó. E a terra voltou à rota certa.

Acho que ficaram amigas.

A amizada delas foi abençoada e tudo.

O cão entrou na piscina. E molhou toda a gente.

As miúdas riram como se não houvesse amanhã. E o cão também...

 

 Há dois anos no Quiosque!

Tempos livres. O que eu fazia e ainda faço.

 

 

Há um ano no Quiosque!

Eu! Ao serviço do cão. 

 

Instagram

Facebook

handmade life

Bloglovin

17 comentários

Comentar post

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

contador de acesso grátis

Links

Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

As histórias do cão! 🐶

Tricot 🌺

Crochet 🌻

Receitas 🍳🥦🥧

Planear ⌚📅 📊

Comentários recentes

  • Os bloggers

    Ora, nem mais... A vida por vezes já é tão complex...

  • Paula Rocha

    Eu não poderia concordar mais.Para quê? Porquê?Que...

  • Eli

    Joana, esta é uma boa forma de estar na vida!

  • A Desconhecida

    Ahahaha medo...

  • Aurea

    Já...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D