Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

eu já não estava na cama!!! 

Vasco

26.08.19, Joana Marques

Visto de fora somos um casal.

Visto de dentro somos um casal mais um.

Como casal partilhamos a cama. Mas...

....há sempre mais alguém. O Vasco!

 

Adormecemos. Os dois. O casal.

Temos a certeza absoluta que não está mais ninguém no quarto.

O Pedro, às vezes ainda sai do quarto. Para ver. Para ter a certeza!

- Está na sala, no sofá. Está a dormir.

 

Eu sei que durante a madrugada. Não sei quando. Não sei a que horas.

Só sei que ele vai entrar no nosso quarto. E ficar por lá.

Se acordamos de noite. Pergunta o Pedro:

- Achas que ELE já cá está?

Nunca dizemos o nome. NUNCA.

Se dissermos o nome, salta para a nossa cama. Porque foi chamado e é a maneira de dizer presente.

Se ainda não estiver no quarto, só pode estar à porta. Porque imediatamente entra e aterra em cima de nós.

Aninha-se e ali fica.

Por isso. Nunca dizemos o nome dele. NUNCA!

 

Se acordo de madrugada porque sou mãe e desde que sou mãe tenho de ir confirmar se estão a respirar!

Ponho os pés no chão com cuidado.

Não ando! Arrasto os pés porque tenho a certeza que está por ali em algum lugar e vou de certeza tropeçar nele.

O Pedro. Nunca se lembra. E...

- O Vasco passou-me uma rasteira.

- Oh! O Vasco está aqui.

- Ai! Ai! VASCO....acabei de ir contra a sapateira...

 

Bem lhe digo!

- Já sabes que ele está por cá...cuidado onde pões os pés!

O Vasco nunca sai lesionado. É sempre o Pedro.

 

Mas...

...e as noites em que eu durmo? E o Pedro dorme?

O Pedro acorda e murmura...

- Ai Joana! Tens um cheiro esquisito!

 

E outras...

- Joana! Vira-te! Estás a ressonar!

 

Pois...

....informo que...

Era de manhã!

E eu já não estava na cama!!! 

 

 

A minha família começou com o Vasco.

Não consigo imaginar a minha vida sem ele.

É um chato. Um chato que amo profundamente.

Não me interpretem mal, também gosto muito da Gabi...mas o Vasco...

...é o Vasco!

 

 

Há três anos no Quiosque!

Toda a história de como consegui fazer origamis. 

Estive a ler o post...que memórias!

Foi o meu primeiro destaque na página principal do sapo.

Quase enfartei!

Os primeiros tempos de blog foram tão bons!

E....

....o Vasco!

 

Há dois anos no Quiosque!

Nada. Nem uma linha.....

Detesto quando isto acontece....

 

Há um ano no Kiosk!

Sobre sonhos. E partilhas..

15 comentários

Comentar post