Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

eu queria ter uma offshore...

04.04.17, Joana Marques

Cheguei a Oslo na sexta-feira.

Passei pelo meu trabalho para ir buscar as chaves da minha casa. E uma mala. Que tinha enviado ainda em Fevereiro.

Como tinha duas malas, um cão, não sabia onde ficava a casa e ainda por cima estava a chover. Fui de táxi.

74€ por 15 minutos.

15 minutos porque apanhámos trânsito.

 

No sábado de manhã, antes de ir buscar os meus pais, entrei num café. Bebi um café. Só um café.

Quase 6€ por um café.

 

Deixei os meus pais em casa. Aproveitei que se estavam a instalar. Fui ao supermercado.

Umas compras básicas.

Produtos sem rótulos. Porque eu não percebo nada dos rótulos.

Comprei sobretudo frescos.

Uma cenoura é igual. Na Noruega ou em Portugal.

Quase 160€. Em Portugal pagaria uns 25€. Só para terem a noção.

 

Domingo. Os meus pais regressavam a Portugal.

Almoçámos fora. E no final do almoço deixei-os no aeroporto.

Eu comi uma salada de frango.

O meu pai e a minha mãe optaram por algo mais composto. Mas nada de extravagante. Ninguém comeu uma mina de ouro.

Pagámos quase 250€.

 

Tendo em conta que eu não ando a roubar carteiras no 28. Dava-me jeito, muito jeito ter um offshore.

Daquelas low profile. Discretazinhas. Que ninguém dá conta.

É que já dei uma vista de olhos pela cidade. É com cada loja de revirar os olhos.

 

nor.jpg

nor2.jpg

 ...e uma pessoa não é de ferro..

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Joana Marques

    04.04.17

    sim, acho que vai valer a pena...mas custa a entranhar..
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.