Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

07.11.17

o cão tem sempre razão...

Joana Marques

Sábado.

Joana foi convidada por duas colegas para uma caminhada.

Longe de Londres.

Longe.

 

Joana disse que sim. E foi.

Passear no campo é bom.

Joana gosta. Só que em Inglaterra está frio.

Imaginem-se dentro de um frigorífico. Durante um dia inteiro.

É pior. Pelo menos parece.

Joana. É friorenta.

Ninguém lhe diga que tem saudades do frio. Ou podem acabar mal...

 

Joana foi. Sem antes vestir, um roupeiro de roupa.

Estava húmido. O tempo.

E o chão pegajoso. E enlameado.

Havia cogumelos.

Muitos cogumelos.

As colegas começaram a apanhar cogumelos.

E Joana. Achou boa ideia.

E apanhou também.

Cogumelos. Cogumelos. Cogumelos.

 

Tanto cogumelo. Dava construir uma cidade inteira e oferece-la aos Estrunfes.

Podia ser uma espécie de Estrunfolândia. Cheia de indivíduos azuis.

Sorry!

Smurfs. Agora diz-se smurfs.

Smurdolândia.

No tempo da Joana era Estrunfes. E a rapariga era a Estrunfina.

Adiante.

 

Joana chegou a casa alegremente. Com um sacalhão cheio de cogumelos.

Joana. Fez planos.

 

Meus amigos.

Joana tinha planos.

O plano A.

O B.

O alfabeto inteiro.

K, y e w incluídos.

 

Só que a Joana olhou para os cogumelos. De lado.

Joana cheirou os cogumelos.

E Joana estremeceu.

- E se forem venenosos.

 

Joana não estava preparada para morrer.

Joana quer voltar a Alvalade. Cheio de indivíduos verdes.

Joana quer ver mais uma vez, pelo menos.

O Sporting campeão. E Bas Dost no coração.

Joana deitou os cogumelos no lixo.

 

Domingo de manhã foi acordada. Violentamente.

Vestiu-se para ir correr. E qual não foi o espanto.

Vasco. Também quis ir.

 

O cheiro alertou a Joana.

O mau cheiro.

Pronto. 

O pior cheiro que já cheirou na vida.

 

E quando voltou a casa, verificou que pela calada da noite.

Alguém assaltou o caixote do lixo.

Só os cogumelos desapareceram.

 

                Moral da história:

vasco2.png

                        Os cogumelos não eram venenosos!

                          O cão tem sempre razão!

                        (segundo o veterinário do Vasco, o cão consegue identificar, os cogumelos venenosos.

                                Se fossem, não os comia)

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Joana Marques 07.11.2017

    Zangar, nunca!
    O Vasco come tudo....não é nada esquisito!
  • Imagem de perfil

    Corvo 07.11.2017

    Muito bem, Joana. Assim é que é!
    Até mereces um sorriso esverdeado.

    Estou a reeditar uma história no meu blog dedicada aos meus novos amigos, portanto a ti, já vai no segundo capítulo.
    Não queres dar-me a simpatia da tua visita?
    muito obrigado.
    Resto de uma excelente tarde. Vasco incluído.
  • Imagem de perfil

    Joana Marques 07.11.2017

    Claro que sim. Com muito gosto!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Joana Marques

    foto do autor

    Sigam-me

    contador de acesso grátis

    Links

    Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

    As histórias do cão! 🐶

    Tricot 🌺

    Crochet 🌻

    Receitas 🍳🥦🥧

    Planear ⌚📅 📊

    Comentários recentes

    • sandra

      Muitos parabéns para a Rita e que ela mais a tua f...

    • Nuno

      Uma família feliz e a paz no meio da tempestadeO b...

    • Nuno

      E para este ano Joana há algumas novidades que ach...

    • Nuno

      Gostas mesmo da tua cunhada (sim ela é a única no ...

    • Nuno

      Ohhh Joana tão bom a tua mae como a relsrmtas quan...

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D