Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Kiosk da Joana

Kiosk da Joana

o cartão

23.01.19, Joana Marques

Já andava para ir ao oftalmologista desde...

...nem sei.

Quando conheci o Pedro já andava para ir ao oftalmologista. 

O Pedro chateia-me sempre que se lembra. E ele lembra-se muitas vezes.

Até que finalmente fui. Hoje!

Está tudo bem. Um acerto numa das lentes. Só isso. E a vantagem de não ter de ouvir...

- Já marcaste?

- Queres que marque?

-Então quando é que vais marcar?

- Queres que vá contigo?

- Tens medo de quê, para ainda não teres marcado?

- Sentes alguma coisa?

- Alguma névoa nos olhos?

 

Não conhecia o médico. O meu médico de sempre reformou-se. Fui um bocado à aventura.

O médico no final, deu-me um cartão com os vários consultórios onde dá consulta.

Agradeci. Saí de lá depressa. Parece mentira o que eu vou dizer...

 

(querido marido, pára de ler!.....

..vai fazer a ronda pelos doentes operados, se faz favor!!)

 

.....quero distância dos médicos.

(não de todos...claro! Há um que gosto muito de ter por perto...)

A sério. Acho-os perigosos. Querem resolver tudo com comprimidos...

....blhec! Ou com operações. Muito gosta esta gente de pôr a mão nas nossas entranhas.

Quero distância. Alguma distância! Muita...

 

Voei do consultório e fui às compras.

Fiquei na fila.

A verdade é que me sinto bem e por isso não preciso que me ofereçam a prioridade. 

Por enquanto não preciso. Amanhã ou depois posso precisar.

O mais parvo de tudo é que as pessoas que estão à minha frente raramente oferecem a vez. Os funcionários é que normalmente chamam à atenção. E o que respondem?

- Ah! E tal não vi!

Hoje! Tal e qual!

Só me apeteceu perguntar:

- Como não viu?? É impossível não ver! A minha barriga é como a muralha da China, vê-se do espaço! Um dia destes vai por aí aparecer uma fotografia da Terra com uma bossa...é a minha barriga! E eu vou poder dizer:

- Vês Mariana, vês...isto és tu quando estavas na barriga da mãe!

 

Não disse nada disto, só pensei.

Apenas tirei da carteira. O cartão do oftalmologista.

E dei ao senhor.

Com um...

- Acho que precisa mais dele do que eu.

O senhor agarrou nas compras meio confuso. E foi a olhar para o cartão.

 

A melhor piada que eu alguma vez fiz na vida. E o visado não percebeu...

....em compensação.

Eu!

Fui desde a caixa do supermercado até ao carro a rir-me sozinha. 

 

Por sorte. 

Durante o trajeto.

Ninguém me ofereceu um cartão com o contacto de um psiquiatra.

 

Há dois anos no Quiosque!

O Vasco. E o seu ataque de ansiedade...

 

Há um ano no Quiosque!

Gostei de escrever este post!

Fez sentido para mim...

 

Já seguem o Quiosque?

Instagram

Facebook

handmade life 

Bloglovin

33 comentários

Comentar post

Pág. 1/2