Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

o pragmatismo Alentejano. Fascina-me.

21.04.18, Joana Marques

Saímos cedo de casa.

Rumo ao Alentejo.

O cão fez uma fita desgraçada. Para sair de casa.

O Pedro pegou-lhe ao colo.

Se fosse comigo tinha chorado. Baba. Ranho. E lágrimas de crocodilo.

Com o Pedro limitou-se a obedecer. Ficou amuado uns 30 segundos.

E ao 31º segundo. Já dentro do carro. Estava a lamber-me a cara do pescoço às pálpebras.

Foi assim a viagem toda.

Saímos de Cascais às 7h da manhã.

A Alice adormeceu. Às 7h01.

Foi uma viagem santa.Tirando o facto de eu chegar ao Alentejo a cheirar a hálito de cão. Pormenores.

 

Pelas 10 horas da manhã.

Fui aqui ao café que costumo frequentar. O Pedro ficou  em casa com a Alice. Ah! E com o lambe caras...

No início da semana tinha ligado à dona do café, a dona Fernanda.

E encomendei. Os melhores queijos de cabra e ovelha do mundo. São feitos por ela e pela mãe.

- Quantos quer?

- Quantos é que me consegue arranjar?

É sempre assim. Compro tudo o que tem disponível.

 

Entrei no café. Conhecia toda a gente.

E toda a gente me conhecia, também.

Sou filha da terra. Não nasci aqui. Mas quase. Sinto-me alentejana desde sempre...

Cumprimentaram-me.

- Ó menina como estás?? Novidades??

- Vou-me casar.

-

Não é para menos. Sou a última das alentejanas encalhadas.

 

- Quem é ele? Como é que se conheceram.

- Chama-se Pedro. Fui a uma consulta. E apaixonei-me por ele...

-

- ....não é tão mau como parece........

 

- Nunca tinha dado conta. Namoram há quanto tempo?

- Menos de um mês....

-

- ...não é tão mau como parece...

 

- Conheceste-o quando?

- Um mês e 6 dias....

-

- ...não é tão mau como parece. A verdade é que parece que o conheço desde sempre.

- Claro que sim, querida. E o importante é ter saúde....toma lá os queijos e vai em paz.

 

O pragmatismo Alentejano. Fascina-me.

14 comentários

Comentar post