Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

o que é que fizeram à minha mãe??

17.10.18, Joana Marques

Joana, a hiperactiva.

A que quase não dorme. A que fala pelos cotovelos. A que faz muitas coisas por dia.

Estar quieta, está quieto. Custa-lhe horrores.

Vai daí...

... a rapariga fica grávida.

E vai daí, a rapariga já não é uma rapariga. Está assim mais para a 3ª idade no que diz respeito à fabricação de humanos.

A médica diz para fazer um teste genético. O marido diz que sim, pois claro! 

E a amniocentese?? Pergunta o marido. Stressado e preocupado!

A médica responde que quando o exame genético apresenta valores desta ordem, a amniocentese pode ser dispensada.

O marido acha que não. Porque pode acontecer isto e aquilo. 

A médica rebate e diz que há risco de aborto.

O marido da rapariga hiperactiva diz que a partir da 15ª semana o risco de aborto é diminuto, tendo em conta que a gravidez está a correr às mil maravilhas. 

A médica diz que se ele faz tanta questão, se se responsabilizar e uma vez que sabe tanto do assunto, vamos a isso....

O marido sabe mesmo, mesmo sobre o assunto porque já leu todos os compêndios que existem sobre bebés e a sua fabricação.

E acha mesmo, mesmo que deve ser feita.

 

A rapariga hiperactiva entrou no hospital hoje de manhã para fazer alguns exames. Entre eles a dita cuja.

Correu tudo bem. Não doeu nada. Resultados mesmo, só daqui a duas semanas mas do que deu para se saber hoje, tudo corre bem...

 

A rapariga hiperactiva está feita vegetal...

.... durante 3 dias.

O marido acha melhor serem 4 a 5. A rapariga hiperactiva deitou-lhe um olhar fulminante. 

Neste momento divide a cama com o seu companheiro fiel. 

O marido? Não!

O cão. Ah! E também lá tem o livro de botânica que ganhou ontem...

 

Está tudo em ordem. 

O marido está convertido em gata borralheira. E a Alice vai aparecendo à porta do quarto para ver com os próprios olhos, o inacreditável:

a rapariga hiperactiva convertida em vegetal! Olha e olha outra vez.

- Será a mãe? Ou é um clone?

- Parece a mãe...mas não pode ser a mãe.

Vou espreitar outra vez.

- Sem dúvida é um clone.

- Mas a voz é da mãe. 

- Com mil Slimanis...o que é que fizeram à minha mãe?? 

 

 

 

 

 

Há dois anos no Quiosque!

É incrível mas passados dois anos esta pessoa continua a atazanar-me a vida!

Ou a achar que tem algum impacto. Não tem.

Há dois anos achava que era uma mulher porque assinava com nome feminino, afinal é um homem.

É o que faz não ter vida ....

 

Ha um ano no Quiosque!

Este post....

 

 

Já seguem o quiosque?

Instagram

Facebook

handmade life

Bloglovin

35 comentários

Comentar post

Pág. 1/2