Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

14.11.17

primeira divisão...

Joana Marques

Foi mais ou menos por esta altura, em 2012 que decidi aprender tricot.

Comentei com várias amigas minhas, mas só a Ana ficou entusiasmada com a ideia.

Decidimos aprender juntas.

Na minha casa ou na dela. Assistimos a vídeos. Seguimos tutoriais.

Começámos por tricotar cachecóis. A peça mais maçadora de sempre.

 

Cheios de erros. Malhas trocadas e buracos. Assim ficaram os cachecóis. Um pior que o outro.

As agulhas tinham sido compradas numa loja dos chineses. Eram demasiado grossas para o fio.

Escolhemos um fio acrílico horrível. Difícil de trabalhar e que dava um aspeto deprimente à peça.

Azul, o meu. Amarelo, o da Ana.

Tudo erros de principiantes.

Mesmo assim.

Ficámos inchadas de orgulho, quando terminámos as nossas primeiras peças.

Se houvesse um campeonato. No que diz respeito ao tricot.

Tínhamos ficado, em último lugar, nas distritais.

 

Quando já dominávamos, mais ou menos a técnica.

Decidimos investir um pouco mais.

Investimos no tipo de agulhas. Começámos a tricotar com agulhas de bambu.

E não só. Investimos em livros.

E, muito importante.

Frequentámos workshops.

Eu aprendi a tricotar meias e ensinei-lhe. Ela aprendeu a tricotar casaquinhos de bebés e ensinou-me.

E por aí fora.

Durante um ano. Os nossos sábados foram passados em workshops.

Nunca fizemos o mesmo. Partilhámos sempre o conhecimento.

Ganhámos o gosto. Pelo menos eu ganhei. E acho que posso falar pela Ana.

Tricotámos mantas. Golas. Xailes. Meias. Luvas. Casaquinhos de bebé. Tapa fraldas. E botinhas.

Começámos a ser uma referência para os nossos amigos.

Sempre que alguém conhecia alguma grávida, recorria a nós antes de comprar.

Futebolisticamente, falando. Nessa altura, frequentávamos a divisão de honra.

 

Até que. Eu e a Ana de forma consciente. Tomámos de assalto a primeira divisão.

Começámos a tricotar uma camisola. Faz hoje uma semana.

Não somos candidatas ao título. Claro que não.

Somos o Tondela. Estamos a trabalhar com afinco. Mas sempre com um pé na divisão de honra.

Prognósticos, meus amigos. Só no fim do jogo. Até porque ainda não jogámos contra o Sporting e o Porto.

Para já a minha camisola está assim:

 

4 (44).JPG

A parte pior ainda falta. As mangas e o decote.

Estou a tricotar em azul escuro porque já tinha o fio em casa.

E para primeiro trabalho resolvi não investir muito...

O fio é o merino4us da Rosários 4.

É um merino de muito boa qualidade. Preço acessível. E acabamento 5 estrelas.

A minha camisola parece estar a ser tricotada à máquina.

O mérito não é meu. É mesmo do fio.

 

Daqui a umas semana vos direi.

Se estou de pedra e cal na primeira divisão.

Ou, pelo contrário...desci ao campeonato distrital do Botswana.

 

11 comentários

Comentar post

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

contador de acesso grátis

Links

Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

As histórias do cão! 🐶

Tricot 🌺

Crochet 🌻

Receitas 🍳🥦🥧

Planear ⌚📅 📊

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D