Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

18.03.18

queres? Quero...

Joana Marques

O trabalho que atualmente faço tem a ver com a minha área de formação. Gestão.

Ao contrário do trabalho que tinha em Portugal, em que tinha a minha própria equipa, e eu era a cara de todo o trabalho. Aqui não é bem assim.

Neste momento, eu faço parte de uma equipa, muito grande. Sou apenas um grãozinho de areia. Num areal imenso.

As pessoas que me conhecem acham que andei para trás na minha carreira.

Não penso assim.

É óbvio que tinha mais autonomia em Portugal. Mas....

 

Quando tive de escolher.

Acabei por escolher o que tenho agora por várias razões.

- Gestão de horários.

Eu faço o meu horário de trabalho sem grande stress.

Ainda esta semana consegui ir a meio da semana ao Alentejo e perdi uma manhã de trabalho quando fui ao médico com a Alice.

Sem stress.

É logo recuperado..

 

- Férias.

Se atingirmos um nível especifico de eficiência.

Oferecem-nos uma semana de férias definido por eles.

Tudo pago.

No ano passado tive a sorte de ir para Formentera.

Este ano, espero atingir também o tal nível de eficiência para ter direito a uma semana de férias...nem que seja na Eritreia. Who cares!

 

- A remuneração é melhor.

Em Portugal tinha muito mais responsabilidades.

Pagavam-me pior. E trabalhava muito, muito mais...

E isto é sempre um fator importante.

É uma remuneração variável. Tem a ver com o nosso nível de desempenho e com o grau de importância do projeto.

E este fator. Não é determinante mas é importante.

Tenho um cão que come por 3 ou 4......

 

 

Desenvolvo projetos.

Esses projetos são como os furacões. Estão numerados.

De 1 a 5.

Um projeto nível 5.

É para os chefes dos chefes dos chefes.

É para prós. Quer dizer que está muito dinheiro envolvido. Muito, muito dinheiro...

 

Os projetos aparecem na plataforma da empresa.

Normalmente não caem do céu aos trambolhões. É preciso concorrer.

Foi o que aconteceu no projeto de Angola.

Apareceu. Eu concorri. Fiquei com o projeto.

O sermos escolhidos ou não, tem a ver com o nosso perfil. Mas também com a área geográfica. Idioma. Etc.

Estando eu em Portugal. Nada mais sensato do que ser escolhida para o projeto "Angola".

Angola era um projeto nível 1. Que entretanto passou a 2.

Às vezes acontece.

Um cliente que nos contactou. E que depois de iniciado o projeto. Decide avançar mais um pouco.

 

Ao mesmo tempo que fiquei com Angola. Apareceu no meu Portfólio, Bélgica.

Estranhei.

Achei que era engano.

Não tinha concorrido. Perguntei.

Disseram-me que era um projeto de nível 2.

Gostavam que eu participasse. Que era algo para ir fazendo...ao longo do primeiro semestre do ano.

Disse que sim.

 

A minha ideia inicial era durante o ano ter apenas e só, projetos nível um.

Um em cada dois/três meses. Exceto no mês de férias...

Dava perfeitamente para ter uma vida financeira saudável. E uma vida no geral, despreocupada.

Os meus planos começaram a sair completamente furados.

Tinha Angola. Tinha Bélgica.

Nenhum de nível 1.

Na sexta feira. Qual não é o meu espanto. Vejo algo a piscar no meu portfólio.

Sinal de algo de novo.

Quando abro a aplicação. Quase enfartei.

Irlanda. Nível 5.

Duração: 1 ano.

 

Queres?

- Quero.

 

Acho que não tenho consciência sequer. Do que vai ser.

Sinto-me como se tivesse tirado a carta ontem e hoje me tivessem oferecido um Ferrari.

Só papelada para ler. É ida e volta à lua.

Não vou estar sozinha, é óbvio. Seria impossível...

Mas vou pertencer a uma equipa de nível 5. Nunca pensei....

Para sobreviver. E chegar a bom porto. Conto com estes 37 anos de sportinguismo.

Não dar nada como adquirido. Mesmo estando a ganhar.

Não dar nada como perdido. Mesmo estando a perder.

Ser resiliente.

Saber esperar. Mesmo em sofrimento.

Trabalho. Trabalho. E trabalho.

Esta vai ser a minha táctica.

 

Daqui a pouco vou para Angola.

O blog pode sofrer alguma alteração durante esta semana.

E o meu instagram também....

....é natural que nas stories apareça...sol e alguma piscina...

Uma pessoa precisa de conseguir encaixar que a partir de agora tem um projeto de nível 5 nas mãos.

E..

....tudo fica mais fácil....com sol e o corpo dentro de um biquíni.

 

 

13 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

contador de acesso grátis

Links

Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

As histórias do cão! 🐶

Tricot 🌺

Crochet 🌻

Receitas 🍳🥦🥧

Planear ⌚📅 📊

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D