Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

regras de pontuação.

07.07.19, Joana Marques

Eu era um ponto.

Um ponto.

Um ponto simples.

Não era um ponto final. Parágrafo.

Não!

Um pouco de exclamação.

Algumas vezes de interrogação.

Em certas ocasiões cheguei a ser um ponto e virgula.

 

Eu era um ponto.

Um ponto.

Um ponto simples.

Não era um ponto final. Parágrafo.

Não!

Mas...

...fui muitas, muitas vezes travessão.

Tagarela. E hiperactiva.

Não era qualquer vírgula que me fazia parar.

 

Eu era um ponto.

Um ponto.

Um ponto simples. A preto e branco.

...um ponto. Apenas um ponto.

Original. Com discurso próprio.

Sem recurso a aspas.

E a cópias.

 

Eu era um ponto.

Um ponto.

Um ponto simples. Um dia..

...dei de caras com outro. Ponto.

Ponto. + Ponto.

Ficámos dois pontos.

 

Nós somos dois pontos.

Juntos:

Enumeramos.

Conversamos. E vivemos.

Abrimos parênteses e viajamos a sete.

Exclamamos!

- Já somos quase, quase uma equipa de futebol!

E interrogamo-nos. É Luísa ou é João?

 

Somos dois pontos.

Dois. Juntos.

Inseparáveis.

Com direito a umas vírgulas que isto sem uma pausa não tem graça nenhuma.

 

Somos dois pontos.

Dois. Juntos.

Resolvemos usar. Na loucura.

Todos os sinais de pontuação.

Juntámos a nós. Mais pontos.

Muitos pontos.....

E como a vida é para ser vivida em todos os momentos...

Na nossa história.

Todos os dias. Há sempre mais um ponto.

 

 

Muitos parabéns. Pedro.

Que sejas feliz todos os segundos da tua vida...

...reticências. 

 

19 comentários

Comentar post

Pág. 1/2