Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

é arte! E na arte não se toca....

Alice

17.09.19, Joana Marques
Ontem o Pedro esteve de folga.  Aproveitámos a manhã para organizar a despensa. E a tarde para passear. Belém. Foi o destino escolhido. Primeira paragem CCB. Adoro! Tudo! Adoro a exposição permanente. Ambiente. Espaço. Tudo!   Eu. O Pedro. E as miúdas. Um risco. Um risco calculado! A Mariana ainda é inofensiva para as peças de arte. Podia eventualmente iniciar um berreiro épico mas não. Dormiu como é costumo dela. E encerramos aqui o capitulo: Mariana vai ao CCB!   (...)

as panquecas...

(este post não é uma receita)

11.09.19, Joana Marques
Somos apologistas de um bom pequeno almoço.  Tomado com tempo.  O nosso pequeno almoço preferido tem de ter panquecas feitas na hora. Com uma calda quentinha. Adoramos uma boa calda de nectarinas que espalhamos por dentro das panquecas. E por cima gostamos de colocar uma fruta fresca. Morangos. Kiwi. Ou amoras.   A Alice adora.  Quando o pequeno almoço é do agrado dela. Come tanto como nós!   Agora que estamos os dois a trabalhar. Decidimos, quando fizemos a planificação das (...)

quando o feitiço se vira contra o feiticeiro...

05.09.19, Joana Marques
Já não trabalho como deve ser desde que a Mariana nasceu. Eu fiquei de licença. O Pedro também. O Pedro teve aquela proposta para a África do Sul e fomos todos. Enquanto lá estivemos a vida foi correndo levemente. Não fosse a ansiedade que é viajar com dois cães e duas crianças pequenas e tínhamos tido uma estadia zero...stress. Por lá a vida de médico é uma vida santa. Os horários são escolhidos. O Pedro escolheu não fazer noites, por exemplo. Voltámos. O Pedro estava (...)

o aborrecimento do shouu Lolel!

(Alice)

22.08.19, Joana Marques
A Alice fala que se desunha. Não deve ser caso único, pelo contrário mas para mim, mãe de primeira viagem é sempre uma delicia perceber que aprendeu mais qualquer coisa. Em alguns casos (muitos!) não diz as palavras de forma correta mas... ....daquela boca saem expressões, frases que são autenticas pérolas. Saem quando menos se espera e normalmente são adequadas ao contexto... Algumas até conseguimos perceber porque ela ouve aqui por casa.  Desde que liberámos a televisão (...)

eu não queria dizer nada...

(Alice)

19.08.19, Joana Marques
Mudei de empresa em Março de 2017. Até então tinha sempre trabalhado para empresas portuguesas. O meu último chefe português era e é uma pessoa espectacular. Reformou-se mais ou menos na altura em que eu saí. Nunca deixámos de nos falar e trocar impressões. Sempre que tenho alguma dúvida ou algum dilema profissional é quase sempre a ele que recorro.   Andávamos para nos encontrar. Queria-lhe apresentar a Mariana. Desde que se reformou mora, ele e a mulher, perto de Colares. Ac (...)

Eu sou a primeira!!!

21.07.19, Joana Marques
Quem tem filhos sabe como nos surpreendem todos os dias. Pelo menos eu, sou surpreendida muitas vezes pela Alice. A Alice com dois anos e pouco diz tudo e mais alguma coisa. Algumas palavras ainda não consegue dizer como deve ser. Ainda assim é uma surpresa para mim, a forma como se exprime.   Quando o Pedro chega do trabalho! O pessoal aqui de casa fica louco. A Gabi olha para ele como se fosse Deus. E por isso faz uma chinfrineira que se ouve na Indonésia.   A Mariana tem (...)

a moeda de troca...

08.07.19, Joana Marques
A Alice adora animais. Dos mais vulgares aos mais estranhos, tudo o que vem à rede é peixe e todos recebem uma atenção especial da miúda. Vou-lhe dizendo que não deve andar a distribuir festas a todos. Alguns não gostam muito. Por exemplo alguns lagartos estranhos que aparecem por aqui.  Aranhas. Escaravelhos de todas as raças. Os gatos também têm a sua palavra a dizer no que diz respeito às festas. Explico-lhe que o Vasco e a Gabi vivem connosco e são nossos amigos mas os (...)

aqui há gato!

04.07.19, Joana Marques
Primeiro disse-me que não acreditava neste tipo de crença. - Pode ser Luísa ou não! Essa coisa dos pressentimentos não existe... Conversa do Pedro logo, logo quando descobrimos que estava grávida e eu lhe disse garantidamente que ia ser uma Luísa. Mas... ....não sei se é para me deixar os nervos em franja. Mudou! Agora diz que também ele tem um pressentimento. É rapaz. - Não é! Não é! Estás errado. É uma miúda! Tenho a certeza. - Tem paciência mas é um João... (...)

o Vasco sempre a surpreender...

26.06.19, Joana Marques
Vasco! Um cão requintado. Dono disto tudo! Aqui em casa o sofá é dele. No chão? - Estarei a ouvir bem?? Estás mas é maluca. Eu não sou cão de me deitar naquilo que vocês chamam tapete quando mais no chão!   Na sala temos um sofá daqueles normais para duas a três pessoas e um sofá individual. No sofá individual não cabe porque é um cão espaçoso e gosta de estar espalmado qual ovo estrelado. E por isso o poiso dele habitual é o outro sofá, o grande! Ocupa-o de uma (...)

- Vai lá tu, se faz favor!

02.06.19, Joana Marques
Uma das melhores coisas de ser mãe é ver o crescimento das miúdas. A adaptação delas a novas situações. A forma como reagem aos acontecimentos.   A Mariana vai fazer 3 meses. Ainda não faz grande coisa. Palra muito. Mexe-se muito. Presta atenção ao que se passa aqui por casa. E é óbvio que aqui em casa há sempre muitas coisas a acontecer. É o Vasco a ressonar mesmo colado à espreguiçadeira da Mariana. É a Gabi com um frango assado em forma de brinquedo a passar a (...)

momento Calimero!

15.05.19, Joana Marques
A Mariana é uma calmaria.  Durante os primeiros dias ia dizendo ao Pedro. - Esta miúda ainda não percebeu que nasceu! Dormia. Dormia. Dormia. Passou o primeiro mês. E eu continuava a dizer! - Não percebeu que nasceu. Não sabe que a vida de olhos abertos tem outro encanto... Senhora Mariana, qual bela adormecia..... ....só dormia. Estávamos a chegar ao segundo mês. - Pedro. Vê lá bem a tua filha...será que está tudo bem com ela? O Pedro riu que nem um perdido. Gozou (...)

em sintonia...

14.05.19, Joana Marques
Detesto GPS. Nunca tive. Atendendo que o meu sentido de orientação é igual ao de uma batata. Este capricho tem-me deixado muitas vezes mal. Foi com grande alivio e satisfação que constatei que casei com um homem que adora conduzir. UM ponto a favor! Eu não gosto nada. Tem um sentido de orientação que se pode mesmo chamar assim. Nunca se perde! Dois pontos a favor! E GPS?? - Tens GPS?? Pedro! Tens GPS?? Perguntei eu a testar o homem. - Não! Nunca tive. Nunca precisei. Mil (...)

Podia ir melhor. Podia ir melhor...

02.05.19, Joana Marques
A Alice entrou naquela fase! Diria que na adolescência mas ao que parece ainda é cedo para isso. Com 2 anos, pequena criatura acha que manda. Em todos! Normal... ..normal também é nós os adultos. Eu e o Pedro. Contrariarmos pequeno ser.... Não é fácil. Nada fácil. Às vezes dói. Mas tem de ser....   O dia a dia é desarrumar todos os brinquedos que tem. E espalha-los de preferência pelo maior número de assoalhadas possível. Normal. Tudo normal.   Depois de brincar um minuto (...)

adaptação...

04.04.19, Joana Marques
A Alice desde que a irmã nasceu está menos independente. Exige muito mais colo. E atenção. Choraminga por coisas que nunca choramingou. É compreensível. E por isso tenho feito por ter a atenção que precisa. Todos os dias ou quase todos os dias o Pedro fica com a Mariana e saio um bocadinho com a Alice, para ter a mãe só para ela. Vamos ao jardim. Anda de baloiço. Passamos pela praia.  Na sesta da tarde, um dia conto eu a história outro dia conta o Pedro. E à noite trocamos.  (...)

A nossa casa. É. Onde está o nosso coração.

25.02.19, Joana Marques
Ontem. Saímos de manhã e fomos até ao Marechal! Traduzindo, fomos até ao Parque Marechal Carmona em Cascais. A Alice correu. O Pedro também. Atrás dela. Eu. Arrastei-me. Rebolei-me. E andei conforme o meu corpo de mastodonte foi permitindo. - Ó mamã! Apanha-me. Apanha-me! Pois sim! Querida filha. É tão crédula esta miúda. Capaz de acreditar no Pai Natal e tudo!   Pela hora do almoço. Rumámos até casa dos meus pais. Almoçámos. A Alice dormiu a sesta. Quando acordou pelas (...)