Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

OMG! Já mudei o Quiosque!

08.12.18, Joana Marques
Tive de ganhar coragem. E quando a ganhei mudei. Antes que a coragem se fosse. Já tenho menus. Ainda não estão como quero mas com o tempo chego lá. E voltar para trás já não é opção. Como não fui eu que fiz o Quiosque antigo. Não faço ideia de como voltar atrás. Está mais funcional. Mas... ....o toldo. O meu coração ainda palpita pelo toldo.  Foi sob o signo do toldo que voltei a Portugal. Trouxe a Alice para a minha vida. Conheci o Pedro. Casei. Fiquei grávida. Foi sob (...)

E assim?

03.12.18, Joana Marques
Quiosquianos do meu coração! Preciso de vocês! Ando a pensar mudar o Quiosque há pelo menos 6 meses?? Nem sei bem! O Quiosque parece aquelas casas com tanta coisa. Tanta!  Que nunca se encontra nada de nada. Precisava de menus. E submenus. Mas... ....não ficam bem no toldo.    E se o Quiosque ficasse assim!   Digam de vossa (...)

Quiosque. Com gente dentro...

03.04.18, Joana Marques
Joana. A espalha brasas. Era assim que o meu avô Joaquim me chamava. Quando eu estava lá no Alentejo tudo mexia. Qual terramoto. Sem demorar o tempo comum dos terramotos. Quais 30 segundos. O reboliço era constante. As réplicas insistentes. Só parava por umas 5 horas. Enquanto dormia.   Joana. Levada da breca. Era assim que era conhecida em Campo de Ourique. - Joana? A filha do João e da Mariana. Aquela que é levada da breca? O que é que ela fez desta vez? Saía do infantário. E (...)

isto de ter um blog....

03.08.17, Joana Marques
Num impulso criei este blog. Um segundo. No segundo seguinte já tinha o nome e tudo. Dois minutos depois já estava a escrever o primeiro post. No sapo é assim. Fácil, muito fácil criar um blog. O que eu não estava a contar era criar uma empatia tão grande com as pessoas que por aqui passam. Sou normalmente uma pessoa de trato acessível. Mas considerar amigo...é outra coisa. Um ano depois posso dizer que conheci por aqui pessoas que guardo e guardarei no coração. Algumas (...)

um ano...

28.07.17, Joana Marques
Esta é a flor da capuchinha. A capuchinha é uma planta especial. Atrai Joaninhas. E as Joaninhas são bichinhos importantes. Ajudam a polinizar.   No último ano, a minha capuchinha tem sido aqui. É por aqui que me tenho sentido bem muitas vezes. É por aqui que tenho passado bons momentos. Neste blog. Neste espaço. Não tenho a certeza se já consegui polinizar alguma coisa. Pode ser que com o tempo chegue lá!   Hoje, o quiosque faz um ano. Quando o criei foi mais ou menos (...)