Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

little by little. Pouco a pouco...

08.05.18, Joana Marques
A Liliana tem dois filhos.Um rapaz com 5 anos. E uma menina com 2 anos.É professora de Matemática. Tem uma grande paixão por origami. Por essa razão criou na sua escola um clube ligado ao origami.Mais recentemente descobriu o crochet. E nunca mais o largou. Como eu a entendo.Também estou viciada! Ainda grávida da filha começou a crochetar uma coelhinha em crochet. Para o filho mais velho oferecer à irmã. Achei muito gira esta ideia!Para ele, Liliana crochetou uma carrinha pão de (...)

conheçam a Conceição. E o seu espaço...

28.04.18, Joana Marques
Desde muito nova que a Conceição tem uma grande paixão pela costura.Começou a apreender aos 12 anos. Foi por essa altura que os pais lhe compraram uma máquina de costura. Que ainda hoje usa.Continuou o seu percurso. Nunca deixando de costurar. Fazendo roupa para a sua família. Trabalhou numa fábrica de calçado. Esteve lá 32 anos.  A fábrica fechou recentemente. E Conceição abraçou o hobby que a acompanha há muitos anos de forma mais séria.Continuou a fazer roupa mas com (...)

B.Log

05.04.18, Joana Marques
Adoro este projeto. Mesmo. De coração.Já tem 5 anos. Mas eu, descobri-o recentemente.Como todos os bons projetos. Começou de forma inesperada. E como todos os bons projetos. Ganhou asas. Voou.Porque todos nós. Queremos oferecer. Prendas únicas e diferentes.Aos que nos são importantes.Namorado. Ou namorada.Mulher. Ou marido.Avó. Avô. Mãe. Pai. Padrinho. Madrinha.  Parece-me que se pedir à Sofia, "a mãe" deste projeto. Um presente personalizado para o Vasco. Vai conseguir... (...)

jasmim

31.10.17, Joana Marques
Léa Gonçalves vive no Sardoal. Um concelho do Ribatejo.Começou por trabalhar na pizaria dos pais. Acumulando com outro emprego. Recepcionista.Mais tarde abriu uma loja de decoração. Anos de crise. O negócio foi por água abaixo.Entretanto foi mãe. E nesta situação. O trabalho precário seria algo inevitável.Nem isso. Ninguém a contratou. Entretanto, como mãe, precisava de ir às compras e levar a sua filha. E como mãe. Tinha essa dificuldade.Um bebé. O ovo. O carrinho de (...)

conheçam. ClaudyCostura

12.09.17, Joana Marques
A Cláudia. 39 anos. Tem desde sempre uma grande paixão pela costura.Nem sempre é fácil dedicarmos-nos a 100% às nossas paixões. Se cruzarmos os braços, então não é fácil nem difícil. A Cláudia foi em frente. E conseguiu agarrar o sonho!Arregaçou as mangas e criou o seu próprio projeto.Tem uma filha. E já se sabe que para os nossos há sempre tempo. Foi por aqui que começou. Como a filha faz patinagem, começou por criar o seu equipamento de treino.E como diz o outro, (...)

beijos de algodão! Quem os não quer??

22.08.17, Joana Marques
Principalmente estes!Beijos de Algodão é o projeto da Sandra.A Sandra tem 43 anos. E é licenciada em Design de Comunicação Visual. Casada. Uma filha.Em 2008 nasceu este projeto. E a Sandra faz tudo. É a responsável pela criação, ilustração e design de todas as peças.A ilustração faz parte de quase todos os minutos da sua vida. E é assim que se sente bem...O seu trabalho e em especial a marca que criou tem várias valências:Artigos de Papelaria. Postais. Marcadores de (...)

conheçam. A Marta e o seu projeto...

16.08.17, Joana Marques
A Marta tem 46 anos. Casada. Dois filhos.Mora e trabalha em Alverca. Para além de todas as tarefas que uma mulher e uma mãe tem de despachar todos os dias. O que lhe dá mesmo prazer é o projeto que iniciou há 12 anos.Desde sempre. Se dedicou a todo o tipo de manualidades. Fimo. Madeiras. Telas. Etc.Mas foi com umas camisolas que pintou para os filhos que começou mais a sério.Com esses trabalhos vieram as encomendas. E parecendo que não faz toda a diferença.Foi por esta altura (...)

conheçam. A Feltro Linhas e Cia!

08.08.17, Joana Marques
A Feltro Linhas e Cia pertence à Áurea e à Paula.Muito diferentes entre si. Diz que uma delas tem verdadeira vocação para linhas, agulhas e costura. A outra diz que é mais bola. Mais Sporting Afinal, acho que não é bem assim. Se olharmos para as peças. E para todos os infinitos pormenores. Arriscarei a dizer que o talento está dividido irmãmente pelas duas.A história da Feltro Linhas e Cia deve ser semelhante a muitas outras. Aparece por acaso. E depois por acaso. Cresce. (...)