Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

golo! Da Joana...

25.12.18, Joana Marques
Inicialmente, éramos para ser 10: Eu, a Alice, a Mariana, o Pedro, os pais do Pedro, os meus pais, o meu irmão, a minha cunhada, os meus sobrinhos e o Vasco.   Depois o meu irmão disse-me que afinal não vinham porque iam passar com os sogros. Eu, a Alice, a Mariana, o Pedro, os pais do Pedro, os meus pais e o Vasco.   Passados uns dias a minha irmã perguntou-me se podia passar cá em casa porque era para passar com os cunhados mas afinal tinham decidido ir passar aos Estados Unidos (...)

Não são especialmente bons. São só especiais.

24.12.18, Joana Marques
A minha avó perdeu a mãe no dia em que nasceu. Foi criada pelo pai e pelo irmão mais velho. A vida era a vida. Só a vida. Sem sonhos.  O dia era trabalhar de sol a sol. Para conseguir sobreviver até ao dia seguinte. E começar tudo de novo. O Natal era quase um dia igual aos outros.  Quem tinha mãe era diferente. Era difícil mas não tão mau. Dizia-me ela. - Tive sorte! Disse-me ela muitas vezes.  - Nunca tive o sapatinho vazio na manhã de Natal! Todos os Natais a minha avó (...)

Natal! Não esquecer de...

28.11.18, Joana Marques
It's the most wonderful time of the year, já cantava Andy Williams. Mas... ...há uma linha ténue que separa um Natal inesquecível de um Natal stressante! E esgotante.   Aqui em casa estamos em modo pré-Natal! Literalmente... 1 de Dezembro é dia de fazer a árvore de Natal. Para mim! Começa aqui o Natal! Em casa, a banda sonora será natalícia. E as bolachas vão ter formatos alusivos à época. Este Natal é (...)

o meu presente. É o mais belo de todos...

25.12.17, Joana Marques
A minha bisavó Maria. Mãe da minha avó Maria. Era alentejana. Muito pobre. Começou a trabalhar muito jovem em casa de uns senhores. Abastados. Os senhores moravam em Lisboa. Mas iam passando pelo Alentejo. Grandes temporadas.   A minha bisavó começou por trabalhar no campo. E mais tarde. Quando tinha 14 anos foi posta a trabalhar na cozinha da casa grande. Não podia entrar na sala. Nem nos quartos. Saía da cozinha para a rua. Sempre pela porta de trás. Era proibido vaguear pela (...)

um Natal que nasceu torto...

24.12.17, Joana Marques
Já passámos o Natal de todas as maneiras e feitios. Quando era pequena passávamos no Alentejo ou no Porto. Conforme. Era onde estavam os meus avós. Chegámos a passar a noite no Alentejo e fazer país acima para almoçarmos no dia 25 no Porto. Não havia as estradas e autoestradas. A noite era mal dormida. Curvas. Buracos. E contra-curvas. Chegávamos ao Porto com ar de piaçabas. Ou pior.   Os meus avós morreram. Tanto os do Alentejo como os do Porto. E começámos a passar ou em (...)

em Quiosquiano. Com tradução!

22.12.17, Joana Marques
 Quiosquianos! A Joana e o Vasco desejam a todos os que passam por este Quiosque Um Natal cheio de Amor!     Receita dos Quiosquianos 130 g de manteiga (usei ghee) 100 g de açúcar de coco (podem pôr mais ou menos conforme a preferência) 2 ovos 150 g de farinha de coco Meia colher de chá de goma xantana (opcional) As especiarias que mais gostarem (usei canela e noz moscada) Sal (se acharem que precisa) Uma colher de chá de fermento em pó. Juntar tudo. Mexer muito bem. Com as mãos. Este (...)

EndlessXmas

21.12.17, Joana Marques
  Aceitei o desafio da Happy. Adoro o Natal e toda a magia que o envolve. Por isso cá vai!     Qual é o teu filme de Natal favorito? Gosto do Amor Acontece. Porque sim. Mas aquele que identifico ao Natal é a "Música no Coração". Já vivi 36 Natais e parece-me que já vi o filme mais do que 36 vezes. É uma tradição do nosso dia de Natal.          Tens tradições de Natal? Muitas (...)

para todos os Natais...

18.12.17, Joana Marques
Peguem numa fita. Meçam o vosso filho. Sobrinho. Ou criança preferida. Cortem a fita do comprimento da criança. Essa fita pode ser colocada num postal/cartão. E ser pendurada na árvore de Natal. Podemos juntar também as dos anos anteriores. O cartão pode ser decorado. E ficará sempre, uma boa recordação. Podem repetir todos os Natais. Até o puto deixar e achar piada.   Aqui por casa fazemos desde sempre. E desde sempre é uma diversão. Quando era miúda, sem contar com os (...)

o lugar mais quente do mundo

08.12.17, Joana Marques
Quando eu, os meus irmãos e os meus primos éramos pequenos o Natal era diferente. O Natal era sobretudo estarmos juntos. A nossa família era muito grande. A minha mãe tinha 7 irmãos, com ela 8. O meu pai, 5. Os meus primos são tantos que já lhes perdi a conta. Comprar brinquedos para todos os miúdos no Natal, estava fora de questão. Éramos corridos a dinheiro. Dinheiro que nem cheirávamos. Na minha casa cada um de nós tinha uma conta no falecido BES. Na altura (...)

4 princípios. Para escolher os presentes de Natal...

05.12.17, Joana Marques
Quando era pequena quem dava os presentes de Natal era o menino Jesus. Não havia cá Pai Natal para ninguém. Em minha casa abríamos as prendas no dia 25 de manhã. No dia 24 tínhamos a ceia de Natal. Mas nós crianças íamos para a cama lá para as 23h. Dia 25 de Dezembro era o único dia do ano que os meus irmãos queriam ser acordados por mim. Sim, eu em tempos já fui um despertador. Agora tenho o Vasco.   Nesse dia de manhã saltávamos da cama e lá estavam elas. Três (...)

uma história de Natal...

01.12.17, Joana Marques
Tinha 8 anos. E o meu pai tinha tirado a semana do Natal para irmos todos ao Alentejo. Mal chegámos a casa da minha avó pus os olhos num gato. A minha avó lá explicou que tinha aparecido um gato lá em casa. Os meus avós tinham um cão. Que o meu avô adorava. E o gato chateava demasiado o cão. O meu avô já tinha dito à minha avó para não alimentar o gato. Mas a minha avó lá ia dando às escondidas comida ao gato. O gato era pouco simpático. Medroso. E arisco. O aspeto (...)

Estrelas de Natal em crochet

17.11.17, Ana
Deparei-me com umas estrelinhas em crochet já há algum tempo que adorei. Tentei fazê-las, seguindo vários tutoriais na Internet e misturando vários deles, nasceram estas. Estou a usar uma agulha 2,75. E escolhi um fio que adoro, natura da dmc. Comprei o fio aqui. Na loja online.   1ª carreira: Começam por fazer um anel mágico. Dentro do anel mágico fazem 5 puff stitchs.  Para fazer o puff stitch podem ver o post (...)

carta ao Pai Natal. De uma tricotadeira...

16.11.17, Joana Marques
Querido, Pai Natal: Depois do fiasco que foi o Natal de 2016, não quero que te enganes outra vez. Uma tricotadeira é um ser especial. Dá valor a coisas que não lembra nem ao menino jesus.   Uma agenda. Quem não precisa de uma agenda? Toda a gente precisa de uma agenda. Pára tudo! Não é nada do que estás a pensar. Nós queremos ESTA agenda. Todas as semanas um projeto novo. Para tricotar ou crochetar. (...)

o melhor presente de todos...

02.01.17, Joana Marques
Todas as semanas o meu irmão ou a minha cunhada passam por minha casa (em Carcavelos). Regam as plantas, dão uma olhadela no correio. Na semana passada o Sr. Ludovino encontrou o meu irmão que lhe disse que vinha cá passar a passagem de ano. O Sr ludovino foi a casa e entregou um saco ao meu irmão com o meu presente de Natal.   O meu irmão e a minha cunhada chegaram na sexta à noite. E com eles o presente do Sr. Ludovino.   Respirei fundo. Relembrei os últimos Natais. Veio-me (...)