Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kiosk da Joana

Kiosk da Joana

à mercê do destino. E do senhor Ludovino.

11.12.18, Joana Marques
Deixámos Carcavelos para trás. Assim de repente, nem sinto a falta. Parece que moro nesta casa há uma eternidade e meia. Esta é mesmo a minha casa. Com as minhas pessoas. Ainda tenho coisas para organizar. Caixas para abrir mas de coisas que não nos fazem falta.   Deixei o senhor Ludovino. Assim de repente, sinto a falta. Falamos todos os dias ao telefone. E todos os dias! Todos. Me diz mal dos ingleses que foram viver para minha casa. - Ai Joana! Têm um cão....nem imaginas o que (...)

estou de olho em ti....

24.10.18, Joana Marques
A nossa mudança atrasou. Fizemos a escritura da nossa casa e decidimos iniciar obras. Já que é para a desgraça, desgraçado seja... Falámos com os ingleses que nos vão comprar a casa de Carcavelos e pedimos para atrasar a escritura. Primeiro fizeram má cara. Depois lá concordaram... Receámos que desistissem de comprar a casa mas... ...seria fácil de vender neste momento. Por isso não nos preocupámos muito...   A minha conversa com o senhor Ludovino ficou adiada. Primeiro achei (...)

missão Ludovino. Tentativa número 1!

12.09.18, Joana Marques
Vamos deixar o prédio. E eu tenho de contar ao Senhor Ludovino. Já pensei em mil e uma maneiras. Ainda não encontrei a forma ideal. Porque não existe. Parece-me que não existe...   Eu. Joana. Raramente stresso. Tenho nervos de ferro como diz um amigo meu. Reputação na lama. Se considerar esta minha missão.   O Pedro ofereceu-se para ser ele a contar. Tenho de ser eu. Não faz sentido não ser eu. Porque a amizade que tenho pelo senhor Ludovino assim o exige. E porque é muito (...)

a prótese...

17.08.18, Joana Marques
Temos estado no Alentejo. Toda a minha família está no Algarve em casa do meu irmão. Os meus pais, a minha irmã e família incluindo a sogra; o meu irmão e família incluindo os sogros. Prometemos passar por lá. Ficou combinado que dormíamos lá uma noite, queríamos dar um pulo a Marrocos e seria mais fácil iniciar a viagem estando no Algarve do que no Alto Alentejo.   Liguei ao senhor Ludovino, que também está no Algarve, para lhe dizer que passava por lá para o ver. Mui (...)

Guada quê?

10.08.18, Joana Marques
O senhor Ludovino tem estado no Algarve de onde é natural. Primeiro foi com o filho mais velho passar uma parte de Julho. Agora está sozinho com a mulher e aguardam a chegada do filho mais novo. Deve lá estar até meados de Setembro se não se chatear de lá estar. - Não há nada aqui.  - Não se passa nada aqui. - Ai, Joana tenho tantas saudades. - Nem acredito que me convenceram a passar férias aqui. - Se passares um dia por aqui deixa-me voltar contigo. - Que ideia dos meus (...)

a vingança do Senhor Ludovino..

04.07.18, Joana Marques
Para perceberem a dimensão do acontecimento, devem ler primeiro este post!   Devíamos ter chegado no Sábado mas está-se tão bem no Alentejo que prolongámos a estadia até não mais poder. Chegámos no Domingo, depois de almoçar em casa dos pais do Pedro. Senhor Ludovino que já não nos via desde o dia nosso casamento saudou-nos efusivamente. Depois de todos os cumprimentos, olhou (...)

Elias. Continua a assustar....

10.05.18, Joana Marques
O Pedro saiu às 16h do hospital. Tínhamos combinado. Passar por Carcavelos. A cozinha está a avançar a olhos vistos e queria que ele visse.   Almocei. Passei por casa dos meus pais. Para resgatar a Alice. Estava a dormir a sesta. Fiquei à conversa com os meus pais à espera que bela adormecida acordasse.   Rumámos até Carcavelos. Fomos dar um passeio à praia. Cuidado com o sol! A Alice adora praia. Areia. E tudo o que tenha a ver com ficar suja dos pés à cabeça.   Rec (...)

Por favor! Contratem-me

16.04.18, Joana Marques
Antes das 7 da manhã. Estava o Pedro a tomar o pequeno almoço. Eu a dar o pequeno almoço à Alice. E a tentar comer o meu. O cão de um lado para o outro. A suplicar comida. Este cão está tramado. No dia em que quiser reivindicar alguma coisa. Greve de fome. Está fora de questão. Mas se fizer uma petição online a pedir comida.......está feito na vida...quem assina?? ....todos vocês e o Pedro, eu sei....     Toca o meu telemóvel. Sr. Ludovino. Uma voz. Aflita. Muito aflita (...)

o Senhor Ludovino conheceu o Pedro

09.04.18, Joana Marques
Com todos os acontecimentos dos últimos tempos, já não ia a Carcavelos desde este dia. O Senhor Ludovino. Andava doido. Ligou-me. - Já viste que está a chover? Como é que se mexe no telhado a chover?? - Calma. Temos de esperar. Nem que os senhores deixem por enquanto esse trabalho e voltem daqui a um mês. - Era o que mais faltava. Ninguém sai daqui. Nem que lhes fure os (...)

a central L

12.03.18, Joana Marques
Depois do almoço passei pela minha casa. A verdadeira. A de Carcavelos. Mal estacionei o carro. Apareceu o Sr. Ludovino. Um rol de queixas. E de informações... - Não fazem nada. - Claro que fazem. Mesmo assim, até está a correr bem. - Dizes tu porque é em tua casa, e no prédio?? Não tocaram no prédio! - Não, porque tem chovido. É chato começarem a arranjar o telhado com o tempo chuvoso. Calma, tudo se arranja. - Desculpas!! Nem tem chovido nada de jeito... - Vou lá acima ver (...)

de olhos em bico

24.02.18, Joana Marques
As coisas por casa do Sr. Ludovino andam um pouco tristes. O irmão da mulher morreu a semana passada. O Sr. Ludovino sai de casa todos os dias. Dá o seu passeio. Compra o pão. E vai sentenciar as obras na minha casa. Muitas, muitas vezes ao dia. - Joana, esta gente não faz nada. Estás mal. Nunca mais mudas de casa. A mulher dele, tem problemas complicados nos joelhos e não se mexe muito. Quase não sai de casa. Custa-lhe a andar. Durante a semana foi complicado. Dar-lhes (...)

Julieta

23.02.18, Joana Marques
Tudo começou com a minha vinda para Portugal. Estava eu com a perna partida. Em casa. E com dores. Recebo um telefonema do Sr. Ludovino. - Joana, um gato, anda a rondar o nosso prédio. - ? Percebi um gato. Mas pelo tom de voz. E pela gravidade desse tom de voz deveria ter percebido. - Joana, um tigre, anda a rondar o nosso prédio. Ou - Joana, um leão, anda a rondar o nosso prédio. Ou ainda. - Joana, um crocodilo, anda a rondar o nosso prédio. Mas não. Era um gato! Ficámos por aqui. (...)