Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quiosque da Joana

Quiosque da Joana

o amor deve ser SEMPRE recompensado!

09.08.19, Joana Marques
5h30 da manhã. Todos os dias. A hora certa para eu acordar. O Pedro entre sonos e sonhos bem tenta segurar-me de alguma forma mas tornei-me perita em esgueirar-me sem ele perceber. Mal saio da cama vou espreitar as miúdas. Sempre acompanhada pelo Vasco. Faço o pequeno almoço. Como. Preparo os pequenos almoços das pessoas aqui de casa. Em dias de mais inspiração faço um bolo e tomo banho enquanto está no forno. A Mariana acorda entre as 7h e as 7h30 e a Alice um pouco depois. (...)

o gadget que todas as mães precisam....

22.03.19, Joana Marques
A Mariana é uma calmaria. Durante a primeira semana achei que a miúda ainda não tinha dado conta que tinha nascido. Agora já conseguimos ver os olhos da miúda mais vezes abertos. Contempla tudo o que está à volta. Com um ar meio confuso.  Como eu te entendo miúda! Por aqui é tudo uma grande confusão! Dorme mais ou menos 5 horas seguidinhas durante a noite. De dia parece-me que também se ficava durante um bom tempo mas nós costumamos servir-lhe a refeição de duas em duas (...)

Amor incondicional

21.02.19, Joana Marques
Podemos ser ricos ou pobres. Bonitos ou simplesmente um arraso! (porque ninguém é feio!) Muito sucesso. Ou nenhum. Ter saúde a rodos ou nem por isso.  Ser uma pessoa hiperativa, difícil de aturar e com energia para dar e vender. Ou então, não! Ter uma verruga na testa. Ou sardas no nariz. Uma conta bancária recheada. Ser dono disto tudo. Ou apenas de um banco de jardim. Não importa o que és. Como és. E o que serás. Uma coisa é certa.  Todos os dias. Sem exceção! Acontecer (...)

é a vida!

11.01.19, Joana Marques
É a vida! O tempo está frio. É a vida! O abacate está caro mas já foi pior. É a vida! Estou a caminho da obesidade mórbida. É a vida! A Alice não pára de crescer. É a vida! O meu Sporting vai jogar amanhã e eu já sinto um nervoso miudinho a percorrer-me o corpo. É a vida!   Na vida o que não tem remédio. Remediado está.  Sabem o que vos digo? É a vida!   É a vida! É uma expressão que eu uso quando quero dizer que não há nada a fazer. Não controlamos (...)

as crianças e os cães. As vantagens!

19.11.18, Joana Marques
Dizem os especialistas que as vantagens são muitas. Desde a saúde física à mental. Da saúde física não posso falar. A Alice nunca esteve doente. Não sei se o Vasco terá alguma responsabilidade nisso. Neste ponto, aponto mais para o facto de a Alice ainda não estar num infantário e a alimentação que faz. Mesmo que não tenha nada a ver com a saúde física no resto, só vejo praticamente vantagens. Tantas. Que as desvantagens ficam perdidas e nem têm espaço neste post!     Afetividade (...)

lembrete

14.06.18, Joana Marques
  “If you love, love completely, cherish it, say it, but most importantly, show it.   Life is finite and fragile, and just because something is there one day, it might not be the next. Never take that for granted. Say what you need to say, then say a little more. Say too much. Show too much. Love too much. Everything is temporary but love. Love outlives us all.”   R. Queen  

4 anos de Vasco!

27.04.18, Joana Marques
O Vasco faz hoje anos. 4 anos. Não vou voltar a contar a história de vida dele, porque já o fiz, o ano passado.   Este ano vai ser diferente. Para comemorar este dia especial. Ao longo do dia serão publicadas histórias sobre o Vasco. Nunca antes contadas... Até lá. Podem olhar para foto. Vá-la.... Façam o favor de se derreterem....   Eu não posso!  Posso... ....mas não devo.   Tant (...)

passei-lhe a batata quente...

06.03.18, Joana Marques
A minha amiga Maria tem um cão. Comprou-o depois de um divórcio complicado. Na altura, fazia voluntariado num canil. No canil, de onde veio o Vasco. Ainda lhe disse para visitar o canil. E escolher um... Não, não e não. Queria um cão muito giro que tinha visto numa loja de um centro comercial. Três dígitos de euros depois. Comprou o cão. Um minorquinha. De uma raça qualquer. Com um pedigree a estoirar lá para infinito. Não sei se foi pelo divórcio. Ou não. Este cão foi (...)