Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quiosque da Joana

25.10.18

toma lá beijinho....Joana!

Joana Marques

O Pedro esteve de folga.

Nos dias de folga dele fingimos que é sábado e a Alice fica connosco. Mas hoje não..

...de manhã foi para casa dos meus pais.

Tínhamos que encaixotar coisas. E mais coisas. E ainda mais coisas.

Pegar em tudo e deixar na casa nova.

 

Depois de concluída a tarefa. 

Passamos pelo Oeiras Parque.

Entretanto ligou-me uma amiga minha, a Ana (que já escreveu aqui no blog!).

Tinha umas coisas dos filhos para me entregar.

Os meus amigos já estão despachados dos filhos pequenos, dizem eles. E a Alice, a Mariana e os meus filhos futuros...estão a herdar tudo.

Estacionámos o carro na rua dela.

Liguei-lhe para ela descer.

- Sobe! Vem cá a casa!

- Não temos muito tempo.....desce tu!

O Vasco estava connosco. Porque a seguir ia ao veterinário.

O Vasco não suspeitava que ia ou veterinário ou então....

 

Saí do carro.

O Pedro também.

O Vasco dentro do carro dava sinais de querer cumprimentar a Ana como deve ser.

A Ana que adora o Vasco trouxe-lhe de casa um biscoito grande que o Vasco adora.

- Solta-o...vá-lá deixa-me cumprimentar o meu afilhado.

Soltei a fera.

A rua da Ana é espaçosa, não tem praticamente movimento.

A Ana deu-lhe o biscoito.

E o Vasco estava mesmo ali a comer o biscoito.

Um segundo depois.

O Vasco já não estava a comer o biscoito.

Ouvi ao longe um cão a ladrar.

O meu cão a ladrar!

A chamar-me.

- Vaaaaaaaaaaaaaaaaaasco!

Gritei.

 

O Vasco corria feliz da vida. 

- Joana, chama-o...ele está a entrar para dentro do cemitério....

Disse a Ana.

O Vasco entrou dentro do cemitério.

Corri atrás do Vasco.

O Pedro correu atrás do Vasco.

A Ana correu atrás de nós...

O cão. Feliz. Feliz.

Ladrava.

Ladra sempre. Quando me quer convidar a brincar com ele.

E corria. E saltava. E ladrava. 

 

Entrei eu, grávida! O Pedro, ainda meio coxo. E a Ana, esbodegada de tanto rir. Cemitério adentro.

O Vasco saltava pelas campas.

Ladrava.

Corria.

Ladrava outra vez. Esteirava-se na terra. Arrancou plantinhas. E comeu flores.

- Joana, Joana, vem brincar comigo. Eu salto. Tu saltas. E depois eu salto outra vez. Depois eu como uma flor. E tu corres atrás de mim...

 

Eu, grávida.

O Pedro meio coxo.

A Ana já não nos conseguia acompanhar porque tinha ficado atrás a rir.

- VAAAAAAAAAAAAAAAAASCO!

Eu aos gritos no cemitério.

- VAAAAAAAAAAAAAAAAASCO! Vem cá, imediatamente...

- Ah! Ah! Pensas que mandas alguma coisa??? A expressão dele dizia isto....

 

Corria. Saltava. Ladrava.

Passou por um aglomerado de pessoas.

E eu no encalço do cão.

Passei pelas pessoas. Grávida!

Pedi muitas desculpas pela interrupção. Presumo que tenha interrompido um funeral. Mas com a pressa nem percebi bem....

O Pedro passou pelas pessoas, também. Meio coxo.

Mas a Ana deu a volta. Só a ouvia rir....

Continuei atrás do cão.. O Pedro atrás dele. A Ana atrás de nós.

 

Mudei de táctica.

Sentei-me. E ele veio ter comigo. Contente da vida!

Apanhei com uma lambidela na cara.

- Foi tão divertido, não foi?? Toma lá beijinho....Joana!

 

Às pessoas que hoje se cruzaram connosco no cemitério peço muita desculpa....

....a próxima vez que estiver perto de um, algemo o cão....

......

 

 

 

Há dois anos no Quiosque!

Se o post de hoje não vos animou o suficiente.

Leiam este, cada vez que o leio choro a rir...

 

 

Há um ano no Quiosque!

Dizer que escrevi um post inteiro sobre xixi.

 

Já seguem o quiosque?

Instagram

Facebook

handmade life

Bloglovin

 

 

 

 

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Joana Marques

foto do autor

Sigam-me

contador de acesso grátis

Links

Grupo no Facebook de Partilha handmade! 💝

As histórias do cão! 🐶

Tricot 🌺

Crochet 🌻

Receitas 🍳🥦🥧

Planear ⌚📅 📊

Comentários recentes

  • Os bloggers

    Ora, nem mais... A vida por vezes já é tão complex...

  • Paula Rocha

    Eu não poderia concordar mais.Para quê? Porquê?Que...

  • Eli

    Joana, esta é uma boa forma de estar na vida!

  • A Desconhecida

    Ahahaha medo...

  • Aurea

    Já...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D